Movimento aéreo entre Espanha e Brasil concentrado na rota de São Paulo

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O tráfego aéreo entre a Espanha e o Brasil está cada vez mais concentrado nos voos entre Madrid e São Paulo, que em Novembro passado transportaram 75,5% de todos os passageiros que voaram entre os dois países, porque tiveram um crescimento em 29,2% enquanto os voos de para o Rio de Janeiro e Salvador tiveram quedas, de acordo cálculos do portal português de notícias de turismo e viagens ‘PressTUR’ a partir de dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis.

Esses dados indicam que em Novembro deste ano 65.863 passageiros voaram entre Espanha e o Brasil, +17,9% ou mais 11,2 mil que no mês homólogo de 2013, pelo aumento de lugares disponíveis nos voos em 29,2% ou 11,2 mil assentos nas ligações de e para São Paulo, enquanto em voos de e para o Rio de Janeiro e Salvador houve quedas respectivamente em 8,4% ou quase mil, para 10,7 mil, e em 4,9% ou cerca de 300, para 5,4 mil.

A maior concentração do tráfego nas ligações entre Madrid e São Paulo é também a tendência que se observa dos dados da AENA relativos aos onze meses de Janeiro a Novembro deste ano, em que os aeroportos espanhóis tiveram um aumento de passageiros de voos de e para o Brasil em 18% ou 130,6 mil, para 858,3 mil, com +24% ou mais 121,1 mil nos voos de e para São Paulo, para 626,4 mil, +5,6% ou mais 8,2 mil nas ligações com o Rio de Janeiro, para 156 mil, e +1,4% ou mais mil nas ligações com Salvador, para 75,5 mil.

 

Air Europa impulsiona tráfego com abertura da linha para São Paulo

Os dados da AENA permitem ver que a Air Europa, do Grupo Globalia, é a principal impulsionadora do crescimento do tráfego, pela abertura da linha de São Paulo, com a qual tem um aumento de passageiros em 142,2% ou 106,6 mil, para 181,6 mil, embora Salvador, que chegou a anunciar como hub, tenha um aumento de apenas 1,4%, para 75,5 mil.

Graças a essa nova rota, aliás, a Air Europa já ultrapassou a brasileira TAM em número de passageiros de e para o Brasil, que tem 128,8 mil passageiros (+5,2% ou mais 6,3 mil que há um ano), e aproxima-se da Iberia, que é líder de mercado, com 465 mil passageiros (+5,3% ou mais 23,4 mil que há um ano).

Fontes da aviação têm destacado a agressividade comercial da Air Europa, tanto em Espanha como no Brasil, de que consideram exemplo que no mês de Novembro tenha registado um aumento de passageiros em 175,1% ou 9,9 mil, enquanto a Iberia teve uma queda em 1,6% ou cerca de 550, para 33,2 mil.o:

 

  • Foto: GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Mais passageiros transportados interilhas em Cabo Verde em março e abril deste ano

Os dois aviões fretados pela TACV, companhia aérea estatal...

Presidente da TAP defende que o Estado Português não deve privatizar totalmente a empresa

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, defendeu que o...

Turbulência severa apanha B777 da Singapore Airlines e provoca um morto e 30 feridos

Um Boeing 777-300ER da Singapore Airlines enfrentou uma situação...