Nevão paralisa Aeroporto de Madrid neste fim-de-semana

O Aeroporto Adolfo Suárez-Barajas, na cidade de Madrid, em Espanha, encontra-se encerrado desde a noite desta sexta-feira, dia 8 de janeiro, devido ao forte nevão que se abateu sobre a capital espanhola, na sequência da tempestade ‘Filomena’.

Durante este sábado caiu cerca de meio metro de neve, sendo já considerado o maior nevão de que há memória na cidade desde a década de sessenta do século passado. Portanto, desde há 60 anos. As imagens que chegam mostram, na verdade, uma espessura de gelo nunca antes vista.

A AENA, empresa concessionária do aeroporto, diz que mantém uma pista operacional, constantemente cuidada por veículos limpa-neves, para eventuais partidas de voos de longo curso e para qualquer utilização de emergência. Contudo, o movimento comercial está fechado até à tarde deste domingo, dia 10 de janeiro. Pelas 13h00 locais será feito um ponto da situação, tendo em vista uma eventual reabertura gradual das aterragens e descolagens de aviões comerciais.

A Iberia, companhia espanhola com maior movimento em Madrid/Barajas, anunciou durante a tarde deste sábado, a suspensão do tráfego aéreo na capital espanhola. Os aviões da companhia que estavam a regressar a Espanha, em viagem de países da América Latina, aterraram durante este sábado na ilha de Tenerife, em Espanha, onde aguardam melhores condições para chegar a Madrid. Os passageiros estão hospedados em hotéis da ilha. Outros aviões da Iberia e de outras companhias vindos de Oriente aterraram no aeroporto de Barcelona/El Pratt e em Valência.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica