Bem-vindo, !|Sair

Norwegian aterra no Brasil em Março de 2019

A companhia aérea norueguesa de baixo custo Norwegian vai iniciar no próximo dia 31 de março de 2019, voos regulares entre os Aeroportos de Londres/Gatwick, no Reino Unido, e António Carlos Jobim/Galeão, na cidade do Rio de Janeiro.

A nova rota já tinha sido autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) do Brasil no início de setembro deste ano, mas só nesta semana é que foram reveladas as datas e as frequências dos voos, também pela ANAC, segundo revela nesta sexta-feira, dia 9 de novembro, o site brasileiro de notícias ‘Melhores Destinos.

Os detalhes revelam que as ligações serão feitas com aviões Boeing 787 Dreamliner, com quatro frequências semanais. As partidas de Londres para o Rio de Janeiro (voo 7501) serão às segundas, quartas, sextas e domingos, com descolagem programada para as 11h00 locais e chegada à cidade brasileira pelas 22h55 locais. Em sentido inverso, o voo 7502 sairá do Aeroporto do Galeão às segundas, terças, quintas e sábados, com partida à 01h25 e chegada a Londres/Gatwick às 12h35 locais.

A expectativa, destaca o site brasileiro, “é que a companhia tenha preços baixos e promoções agressivas no trecho, a exemplo do que ela tem feito na rota de Buenos Aires a Londres”.

Desde o Verão passado que a Norwegian tem insistido no mercado brasileiro como um dos seus próximos grandes objectivos. O presidente da companhia norueguesa, que compete com grandes companhias mundiais no mercado de longo curso com preços ‘low cost’, tem manifestado interesse em abrir rotas para o Brasil, tendo se referido às duas principais cidades – Rio de Janeiro e São Paulo.

Em setembro passado o ministro do Turismo do Brasil, Vinicius Lummertz, confirmou que a Norwegian estava interessada em abrir rotas domésticas no País, logo que a legislação brasileira permita a constituição de empresas aéreas com maioria de capital estrangeiro. A companhia norueguesa, à semelhança do que fez na Argentina, criará a Norwegian Brasil e promete voar a um preço médio de cerca de metade das atuais tarifas domésticas.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica