Oferta Pública de Obrigações da TAP atingiu valor global de 200 milhões de euros

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Mais de seis mil investidores subscreveram as Obrigações da TAP, uma operação no valor de 200 milhões de euros, em que a procura superou a oferta em 1,55 vezes.

No segmento geral a procura atingiu 162,5 milhões de euros e o montante final atribuído foi de 105 milhões de euros com o número total de investidores a atingir os 6.092, dos quais 35 profissionais, informou nesta quarta-feira, dia 19 de junho, a companhia aérea portuguesa em comunicado.

“A TAP acabou de protagonizar a sua primeira oferta pública de obrigações no Mercado de Capitais Português, o que nos deixa muito satisfeitos. Este resultado vem reconfirmar a importância da companhia para Portugal e trata-se de um voto de confiança dos investidores portugueses e estrangeiros, reforçando a segurança dos mercados de capitais na competência da equipa TAP”, afirma Antonoaldo Neves, presidente executivo da companhia aérea, citado na nota de imprensa distribuída pela TAP.

O montante captado através da emissão das Obrigações TAP 2019-2023 destina-se a consolidar o passivo da TAP num prazo mais alargado, através do refinanciamento de dívidas que se vencerão num futuro próximo, bem como à obtenção de fundos para a TAP financiar a sua atividade corrente.

“Esta operação vem sustentar a rota de crescimento que a TAP está a traçar, ajudando a construir uma estratégia de sucesso para o futuro da Companhia”, destaca Miguel Frasquilho, presidente do Conselho de Administração da TAP SGPS.

 

O período de subscrição das obrigações da TAP decorreu entre 3 e 18 de junho e arrancou com um valor total de 50 milhões de euros, mas em 13 de junho a transportadora aérea decidiu multiplicar por quatro o número e valor de obrigações a emitir para 200 milhões de euros.

O valor nominal unitário das obrigações é de 1.000 euros com maturidade em 23 de junho de 2023, com uma taxa de juro fixa bruta de 4,375%.

No prospeto inicial, em 30 de maio, a TAP tinha anunciado que a operação tinha como organizador e coordenador global o Haitong Bank e que “as receitas decorrentes da oferta e da emissão das Obrigações TAP 2019-2023 destinam-se a consolidar o passivo […] num prazo mais alargado, através do refinanciamento de dívidas que se vencerão num futuro próximo, bem como à obtenção de fundos para […] financiar a sua atividade corrente”.

A admissão à negociação na Euronext está prevista para 24 de junho.

O grupo TAP registou, em 2018, um prejuízo de 118 milhões de euros, valor que compara com um lucro de 21,2 milhões de euros registado no ano anterior, anunciou a transportadora em março.

Por sua vez, a receita do grupo passou de 2.978 milhões de euros em 2017 para 3.251 milhões de euros em 2018, traduzindo-se num aumento de 273 milhões de euros, mais 9,1% face ao período homólogo.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Ryanair anuncia rota sazonal entre Cracóvia (Polónia) e o Algarve, a partir do dia 1 de abril

A Ryanair anunciou o reforço das suas operações nos...

TAP apresenta novo stand na BTL, reforça rede de longo curso e renova parcerias

 A TAP Air Portugal estreou este ano um novo...

TAP reforça operação para Brasil e América do Norte – Total de 193 voos semanais

A TAP Air Portugal anunciou nesta quinta-feira, dia 29...

Lucro líquido do grupo Air France-KLM atinge 934 milhões de euros em 2023

O grupo Air France-KLM anunciou nesta quinta-feira, dia 29...