O’Leary diz que a Ryanair conseguiu um desconto nas taxas aeroportuárias na Madeira

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Michael O’Leary, presidente executivo do Grupo Ryanair Holdings, reconheceu ter dito no passado que não voaria para a Madeira devido às taxas aeroportuárias elevadas, mas conseguiu um desconto e vai abrir uma base na ilha portuguesa no Verão IATA de 2022. Que desconto? “A minha mãe não me faria essa pergunta e se fizesse também não lhe diria”, respondeu O’Leary nesta segunda-feira, dia 29 de novembro, em Lisboa, aos jornalistas que participaram na conferência de imprensa para apresentação do programa de Verão da Ryanair que engloba 117 voos para aeroportos portugueses.

Questionado sobre o que mudou para a Ryanair decidir abrir uma base na Madeira no próximo Verão, depois de vários anos a dizer a rejeitar a hipótese de o fazer alegando elevados custos aeroportuários, Michael O’Leary começou por responder que a empresa mudou de ideias, acrescentando de seguida que conseguiu “um desconto nas taxas aeroportuárias”.

“Nós na Ryanair nunca dizemos nunca”, frisou o executivo, parafraseando James Bond. “Dissemos no passado que não voaríamos para a Madeira devido às taxas aeroportuárias muito elevadas e discriminatórias. Estou satisfeito por poder dizer que isso mudou”, afirmou o executivo irlandês.

Michael O’Leary argumentou que “a Madeira necessita muito dos voos da Ryanair”, porque tem “o tráfego retido pelas tarifas muito altas que a TAP e a EasyJet praticam para Lisboa e para o Porto”.

A Ryanair terá duas rotas domésticas à partida da ilha da Madeira: Lisboa com dois voos diários e Porto com um voo diário. Além destas rotas, a low cost irlandesa também vai ligar o Funchal a Bruxelas Charleroi, Dublin, Londres Stansted, Manchester, Marselha, Milão Bergamo, Nuremberga e Paris Beauvais (LINK notícia relacionada).

Além do desconto nas taxas aeroportuárias, a Ryanair também vai receber um apoio de três milhões de euros do Turismo de Portugal para uma campanha de marketing para promover as novas rotas da low cost da Madeira entre 2023 e 2026, segundo avançou esta manhã a imprensa portuguesa, citando uma decisão publicada em “Diário da República”.

 

  • Com informações publicadas pela PressTUR – Agência de Notícias de Viagens e Turismo

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Governo Português envia avião da TAP com ajuda humanitária para o Rio Grande do Sul

O Governo português vai enviar, na próxima terça-feira, dia...

GOL e AZUL anunciam acordo de ‘codeshare’ que vigorará a partir do final de junho

As companhias aéreas brasileiras GOL e Azul anunciam nesta...

SATA Air Açores transportou doentes do Hospital de Ponta Delgada que estavam na Madeira

A SATA Air Açores realizou nesta quarta-feira, dia 22...