Passageiros podem chegar a Cabo Verde apenas com o certificado de vacinação válido

Cabo Verde vai deixar de exigir a apresentação de teste negativo à covid-19 nos voos internacionais a partir deste domingo, dia 6 de março, voltando a aceitar o certificado de vacinação.

De acordo com a resolução do Conselho de Ministros que declara a situação de alerta em todo o País a partir das 00h00 de 6 de março (domingo), com base na evolução da situação epidemiológica, entre outras medidas, passam a ser previstas três formas possíveis de controlo à covid-19 na entrada em Cabo Verde de passageiros e tripulantes de voos internacionais.

Desde 3 de dezembro de 2021, com o aumento de novos casos diários de covid-19, que tinha sido reintroduzida a obrigatoriedade de apresentação de teste negativo à doença – PCR (antecedência mínima de 72 horas) ou de antigénio (48 horas).

A partir deste domingo, à entrada dos quatro aeroportos internacionais de Cabo Verde (ou nos portos), os passageiros podem apresentar um certificado de vacinação contra a covid-19 “válido” e “com esquema vacinal completo ou com dose de reforço” ou um certificado de recuperação.

A terceira alternativa é apresentação de um teste negativo à covid-19, como acontecia até agora, mas sem caráter obrigatório, e excetuando-se destas regras as crianças até aos 12 anos.

Cabo Verde conta neste sábado, dia 5 de março, com apenas oito casos ativos da doença em todo o arquipélago, o nível mais baixo desde praticamente o início da pandemia, quando em janeiro passado contava com mais de 7.000 infetados.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica