Bem-vindo, !|Sair

Primeiro dos dois reforços (A330-200) da TAP chega quinta-feira (24) a Lisboa

É esperado amanhã de manhã no Aeroporto Internacional de Lisboa o primeiro dos dois aviões Airbus A330-200 que a TAP adquiriu para reforço da sua frota de longo curso, a partir deste Verão.

O aparelho que chega à frota da TAP por via de um contrato de ‘leasing’ com a empresa GECAS (Grupo General Electric) voou até Março passado na TAM – Linhas Aéreas Brasileiras e estava estacionado desde essa data no Aeroparque de Pinal, no deserto do Arizona (Estados Unidos da América). Ali estacionam aeronaves em trânsito, entre operadores, algumas praticamente novas, guardadas pelas companhias por terem sido dispensadas das respectivas frotas operacionais ou aguardando tempos de maior tráfego. Outras ainda por lá ficam para serem destruídas, cortadas para ferro velho, sendo aproveitadas as peças mais importantes e ainda funcionais.

O avião que procede do Aeroporto de Manara, também no Arizona, é tripulado por uma equipa de quatro pilotos seniores da companhia aérea portuguesa, sob o comando do chefe de frota A330/A340, segundo conseguiu apurar o ‘NewsAvia’. A chegada a Lisboa está prevista para as 05h45 (TP9786). O aparelho ficará estacionado junto dos hangares das oficinas da TAP Manutenção e Engenharia, aguardando a sua vez para ser adaptado para a operação na TAP. Será pintado com as cores da companhia estatal portuguesa, além de outros trabalhos que terão por objectivo uniformizar os seus interiores de acordo com os restantes aparelhos do mesmo modelo ao serviço da empresa.

O A330-200 que chega amanhã a Portugal adquiriu o registo nacional CS-TOR (ex-PT-MVK na TAM para onde entrou novo em 2002). Tem o número de série de fábrica 486 e fez o voo inaugural em 5 de Junho de 2002.

A configuração actual deste avião e do CS-TOQ (ex-PT-MVH), que chegará em breve, é de 36 lugares em Classe Executiva e de 183 em Classe Económica, pelo que a TAP deverá alterá-los para a sua configuração própria, com 24 lugares em Executiva e 206 em Económica, por questões de logística operacional e de vendas.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica