Bem-vindo, !|Sair

Ryanair, TAP e Transavia lideram crescimento no Aeroporto do Porto

A Ryanair, a TAP Portugal e a Transavia France encabeçam a lista das companhias aéreas que mais cresceram no primeiro quadrimestre do ano no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, no Norte de Portugal.

De acordo com os dados a que divulgados pela agência de notícias de turismo e viagens PressTUR a Ryanair, com mais cerca de 29,4 mil passageiros (+4,4%); a TAP, mais cerca de 21,8 mil (+4,3%) e a Transavia France, com mais cerca de 21 mil (+23,9%) lideram o crescimento entre as companhias aéreas de maior dimensão. Seguem-se os aumentos da easyJet, em cerca de 8,5 mil; da Lufthansa, em cerca de 7,5 mil; da Luxair, em quase seis mil; da Air Nostrum, em cerca de 5,8 mil; da Aigle Azur, em 3,8 mil; e da TAAG, em 3,3 mil.

A esses aumentos acresceu o impacto da entrada de ‘novas’ companhias, entre as quais, pelo total de passageiros, se destacaram a Vueling, com 35,1 mil; a Swiss, com 8,8 mil; a White, com 1,9 mil; e a Condor, com 1,6 mil.

Os dados a que o PressTUR teve acesso indicam que 37,1% dos passageiros embarcados e desembarcados no Porto no primeiro quadrimestre foram de voos da Ryanair, com um total de 701,7 mil, em alta de 4,4%; 28% foram da TAP com 529,9 mil (+4,3% que há um ano); e 12,9% da easyJet, com 243,3 mil (+3,6%). Seguiram-se a Transavia France, com 23,9% (108,7 mil, +23,9% que há um ano), a Lufthansa, com 4,7% (88,1 mil, +9,4%), e a Aigle Azur, com 2% (37,6 mil, +11,5%).

O Aeroporto do Porto somou 1,89 milhões de passageiros nos primeiros quatro meses deste ano, em alta de 9,2% ou cerca de 159,3 mil, o que o coloca como o segundo aeroporto português que mais cresceu no quadrimestre, depois de Lisboa, com mais 11,5% ou mais 511,1 mil, para 4,955 milhões .

Por origens/destinos, os dados mostram que a França manteve a liderança, com 500,6 mil passageiros, em alta de 5,9% ou 27,9 mil.

Só depois vêm as ligações domésticas, com 249,2 mil (+4,8% ou mais 11,5 mil), seguindo-se a Suíça, com 226,8 mil (+15,2% ou mais 29,9 mil), Espanha, com 218,6 mil (-0,3% ou menos cerca de 600), Alemanha, com 201,3 mil (+7% ou mais 13,1 mil).

Já com menos de 200 mil passageiros vêm depois o Reino Unido, com 150,2 mil (+8,2% ou mais 11,4 mil), Itália, com 82,1 mil (+19% ou mais 13,1 mil), Bélgica, com 72,7 mil (+28% ou mais quase 16 mil), e Holanda, com 67,5 mil (+53,9% ou mais 23,6 mil).

A primeira rota intercontinental directa de e para o Porto manteve-se Luanda (Angola), operada pela TAAG, com 21,1 mil passageiros (+19% ou mais 3,3 mil), mas por mercado o destaque vai para o Brasil, com as duas rotas da TAP para São Paulo e para o Rio de Janeiro, com 29,3 mil passageiros (+2,5% ou mais cerca de 700). As ligações com os Estados Unidos da América, também operadas pela TAP, que voa do Porto para Newark, somaram 14,3 mil passageiros (+8,1% ou mais cerca de mil).

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica