Ryanair volta a bater recorde mensal de transporte de passageiros em junho

O Grupo Ryanair, incluindo a maior companhia de baixo custo da Europa e a sua subsidiária austríaca Laudamotion, revelou nesta semana que em junho passado vendeu 14,2 milhões de lugares de avião, elevando o seu total no semestre para 72,6 milhões, mais 11,2% ou mais 7,3 milhões que na primeira metade de 2018, com 2,7 milhões decorrentes da integração da companhia que era propriedade de Niki Lauda.

Os dados do grupo indicam que a Ryanair transportou no semestre 69,9 milhões de passageiros, o que significa um aumento em 7% ou mais 4,6 milhões de clientes.

A informação da Ryanair indica ainda que as suas companhias venderam, em média, 97% dos lugares que tiveram no mercado, com 97% na low cost irlandesa e 96% na subsidiária austríaca.

Os dados relativos à companhia de baixo custo irlandesa permitem calcular que ficou no semestre com cerca de 3,3 milhões de lugares vazios, menos 3,4% ou menos cerca de 118 mil assentos que nos primeiros seis meses do ano passado.

Os dados do Grupo Ryanair relativos ao mês de Junho indicam que as duas companhias aéreas transportaram um total de 14,2 milhões de passageiros, mais 13% que no mês homólogo de 2018.

De acordo com estes dados, a Ryanair, com os 13,6 milhões de passageiros indicados na informação do grupo, atingiu no passado mês de junho um novo máximo mensal de passageiros, que estava em 13,5 milhões no mês de maio e antes disso era de 13,3 milhões em agosto de 2018.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica