Sindicato dos Pilotos portugueses suspende greve na Ryanair

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img


 

A companhia aérea de voos de baixo custo irlandesa Ryanair divulgou no sábado, dia 16 de dezembro, uma nota em que explica que os sindicatos de pilotos dos países europeus que tinham marcado ou ameaçado com greves para o período de Natal, já responderam afirmativamente aos pedidos de reunião para debater questões sindicais e laborais.

Recorde-se que a empresa decidiu reconhecer os sindicatos enquanto interlocutores nas questões laborais com os pilotos, o que aconteceu pela primeira vez desde o início da companhia aérea irlandesa que sempre teve com o seu pessoal um tratamento diferenciado, se considerarmos a prática vigente noutras empresas de transporte aéreo concorrentes (LINK notícia relacionada).

Se é verdade que os sindicatos – da Irlanda, Reino Unido, Alemanha, Portugal, Espanha e Itália – corresponderam todos ao convite da Ryanair, o certo é que nem todos decidiram ainda suspender a greve prevista para o dia 20 de dezembro.

Em Portugal o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) informou na noite deste domingo, dia 17 de dezembro, que a greve dos pilotos da Ryanair em Portugal prevista para o dia 20 de dezembro foi suspensa. “A decisão da Ryanair em reconhecer o SPAC como a organização representativa dos seus pilotos em Portugal e o seu compromisso em iniciar negociações com o objectivo de estabelecer um acordo de empresa levaram à tomada desta decisão”, esclarece um comunicado distribuído pela direção do SPAC.

A Ryanair já tinha anunciado que tinha sugerido a data de 21 de dezembro para uma reunião com o SPAC. Estão também marcadas reuniões com os sindicatos britânico e italiano para o início de Janeiro.

Com o sindicato Impact/IALPA, na Irlanda, há contatos entre os pilotos e a Ryanair, mas persiste ainda a dúvida sobre o levantamento da greve, já que o sindicato apenas irá deliberar sobre esta manifesta boa vontade da Ryanair no próximo dia 20 de dezembro, o dia para o qual está marcada a paralisação. Aguarda-se que nesta segunda-feira haja alguma evolução positiva sobre a matéria para evitar cancelamentos nos nas bases da Irlanda onde a Ryanair tem diariamente muitas dezenas de voos.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Contrato com a Binter para as ligações interilhas na Madeira prorrogado até setembro

A companhia aérea espanhola Binter vai assegurar por mais...

EuroAtlantic anuncia mudanças na equipa de gestão e nova injeção de capital do acionista

A companhia aérea portuguesa ‘Euro Atlantic Airways – Transportes...

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...