Bem-vindo, !|Sair

TACV não está a renovar contratos a prazo na companhia

A TACV, companhia aérea nacional de Cabo Verde, está a rescindir contratos a prazo com alguns funcionários da empresa. A informação é avançada pelo presidente da companhia de bandeira, João Pereira Silva, citado pela ‘Inforpress’.

De acordo com o responsável da transportadora aérea nacional, a medida passa pela não renovação de contratos de trabalho, com o objectivo de reduzir custos operacionais.

A agência noticiosa de Cabo Verde refere que até agora, apenas dois funcionários não viram os seus contratos renovados, mas João Pereira da Silva, presidente da TACV, admite a possibilidade de novas rescisões acontecerem à medida que os contratos a prazo forem expirando.

Pereira da Silva entende que o processo de reestruturação da TACV (Transportes Aéreos de Cabo Verde), tendo em vista a sua privatização, aconselha a que os contratos a prazo não sejam renovados, enquanto não for certo qual o futuro da empresa. A situação financeira da companhia é “muito má”, considera o responsável pela gestão da empresa aérea.

Face à não renovação contratual, o presidente do Sindicato dos Transportes, Telecomunicações, Hotelaria e Turismo (SITHHUR), Carlos Lopes avança que já sabia da situação.

“Já tínhamos o conhecimento que a TACV está em processo de reestruturação, a nível de ordem financeira, da dívida, mas também com a questão do pessoal”, sublinhou à agência de notícias de Cabo Verde.

Até agora, o sindicato ainda não recebeu qualquer pedido de intervenção por parte dos trabalhadores da empresa.

 

Recorde-se que um dos dossiês mais complicados que o actual Governo de Cabo Verde tem para resolver é o da manutenção e sustentabilidade financeira da companhia aérea de bandeira. Num país insular, as acessibilidades são muito importantes. A situação agrava-se ainda mais se tivermos em conta que vivem muitos milhares de cabo-verdianos fora do seu país e que Cabo Verde tem uma dependência muito grande do turismo.

A TAP Portugal é a única companhia estrangeira que liga as ilhas à Europa, além da TACV, havendo outros voos mas todos consolidados por operadores turísticos estrangeiros. Há ainda companhias regionais africanas que voam para Cabo Verde.

Há poucas semanas correu a notícia de que a companhia portuguesa Euro Atlantic Airways, cujos aviões têm sido alugados para diversos voos da TACV, estaria a negociar uma parceria com o Governo de Cabo Verde para adquirir parte do capital da empresa pública cabo-verdiana. Os contactos foram confirmados na Cidade da Praia, mas pouco mais se sabe sobre a sua evolução. (LINK notícia relacionada)

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica