Bem-vindo, !|Sair

Também na Síria: Aeroporto alvo de disputa armada – Combates provocaram 500 mortos

Mais de meio milhar de soldados e guerrilheiros islâmicos, que lutam contra o governo desde há vários meses, morreram nos confrontos que durante seis dias decorreram pela posse do Aeroporto e Base Aérea de Tabqa, na Síria, anunciou hoje, domingo, dia 24 de Agosto, uma organização não governamental local.

O reduto sírio foi hoje conquistado pelas forças revolucionárias pertencentes ao grupo extremista ‘Estado Islâmico’ que pretende instalar um califado no Iraque e na Síria. O aeroporto civil e base aérea de Tabqa era a única zona da província de Raga, no Norte da Síria, que estava ainda nas mãos das forças leais ao governo de Damasco.

“170 soldados sírios foram mortos hoje, na ofensiva que culminou com o controlo do aeroporto de Tabqa pelos combatentes do Estado Islâmico”, referiu o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, numa mensagem de correio electrónica enviada à agência noticiosa francesa AFP.

De acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, com sede em Londres, 346 combatentes do Estado Islâmico morreram, desde terça-feira, nos confrontos no aeroporto, além de mais algumas dezenas de civis e soldados governamentais. As agências internacionais estão a noticiar que a luta pela posse do Aeroporto e Base Aérea de Tabqa matou mais de 500 pessoas.

Aero Síria

As imagens que chegam através das redes sociais mostram cenas violentíssimas dos combates com os guerrilheiros islâmicos empunhando cabeças decapitadas como se se tratassem de troféus de caça. Outras imagens mostram a euforia dos islâmicos junto dos aviões e equipamentos militares capturados e outros destruídos pelas forças rebeldes que utilizaram lança-mísseis capturados em outras bases militares.

Na base de Tabqa estão estacionados dezenas de aviões de combate russo MIG 21, de três versões, e uma esquadra de helicópteros Mi8/17 e Mi25, também de fabrico russo, além de outros SA342 Gazelle, estes de fabrico francês. A maioria dos aviões capturados, bem como sistemas de controlo de radar e plataformas móveis de lançamento de mísseis estão em boas condições, afirmam diversos posts divulgados no Twitter esta noite, rede através da qual há um acompanhamento muito próximo de todas as actividades do movimento ‘Estado Islâmico’.

Não foram divulgadas até agora quaisquer imagens de aviões civis, nem tão pouco referências à sua existência no estacionamento do aeroporto civil.

Infelizmente, neste Verão verifica-se uma actividade bélica e militar muito intensa junto de aeroportos nos países onde estão activos conflitos armados. O mais falado tem sido o de Tripoli, na Líbia, mas também foi destruído o de Donetsk, na Ucrânia, e agora, pelas notícias que damos conta, o de Tabqa, na Síria.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica