Bem-vindo, !|Sair

TAP lidera preferências dos passageiros de negócios entre a Europa e o Brasil

A TAP foi a terceira companhia que vendeu mais bilhetes de voos internacionais nas agências corporativas associadas da ABRACORP no primeiro trimestre deste ano, com 21.073, o que colocou a companhia portuguesa em nº 1 entre as transportadoras europeias, segundo os dados já divulgados pela associação brasileira de agências de viagens que trabalham com o segmento de negócios.

A companhia portuguesa, que tem mantido o número de aviões nos últimos anos, teve um aumento do número de bilhetes vendidos em 1,8%, enquanto o principal concorrente, o grupo Air France – KLM teve uma queda de 4,8%, para 20.307.

Aliás, os dados da ABRACORP, hoje trabalhados e revelados pela agência de notícias de turismo e viagens ‘PressTUR’, mostram uma descida do número de bilhetes vendidos no trimestre, em 1,2%, para 329.895, com quedas das duas maiores, a brasileira TAM, em 1,2%, para 51.006, e a norte-americana American Airlines, em 6,4%, para 39.031.

Entre as companhias europeias, também tiveram aumentos do número de bilhetes vendidos pelas agências ABRACORP o grupo Lufthansa – Swiss (que trata em conjunto), em 5,9%, para 14.804, e a British Airways, em 16,1%, para 9.609, enquanto a Alitalia teve uma quebra de 21,7%, para 5.934.

Em valor das vendas, a TAP foi 5ª, com 61,4 milhões de reais (19,7 milhões de euros à cotação de hoje).

Esta posição reflecte designadamente o facto de a TAP, que tem as ligações mais curtas do Brasil para a Europa, ter uma das tarifas médias mais baixas, de 2.914 reais (934,4 euros).

Ainda assim, entre as companhias europeias a TAP foi a nº 2 em valor das vendas, apenas atrás do grupo Air France – KLM, para o qual a ABRACORP apresenta as vendas conjuntas das duas companhias, com 83,3 milhões de reais.

Porém, enquanto o grupo Air Fance – KLM tem um aumento das vendas em 13,7%, apesar de um decréscimo em 4,8% do número de bilhetes vendidos, por que a sua tarifa média subiu 19,4%, para 4.103 reais, a TAP tem um aumento de 13% com subida da tarifa média em 11%.

O ranking das vendas de voos internacionais das agências ABRACORP tem em primeiro lugar a TAM, com 159,2 milhões de reais (+9,3% que no primeiro trimestre de 2013), seguida pela American Airlines, com 143,1 milhões (+23,7%), Air France – KLM, com 83,3 milhões (+13,7%), United Airlines, com 68,26 milhões (+21,3%), e TAP, com 61,4 milhões (+13%).

Depois vêm Lufthansa e Swiss em conjunto, com 54,99 milhões (+17%), Delta, com 50,8 milhões (+12,8%), COPA, com 40,9 milhões (+31,6%), Emirates, com 38,6 milhões (+13,2%), e British Airways, com 38 milhões (+21,8%).

A tarifa média dos bilhetes de voos internacionais vendidos pelas agências ABRACORP no primeiro trimestre deste ano foi 3.021 reais, com os maiores valores a serem os da Emirates, com 5.125, Air France – KLM, com 4.103, United/Continental, com 4.099, British Airways, com 3.957, e Lufthansa – Swiss, com 3.715.

O aumento da tarifa média relativamente ao primeiro trimestre de 2013 foi de 20,1% e as que companhias que tiveram maiores aumentos foram a American, com +32,2%, a COPA, com +24,8%, a Alitalia, com +24,2%, a LAN, com +19,5%, e a Air France – KLM, com mais 19,4%.

Os dados da ABRACORP relativos às vendas totais das suas 32 associadas indicam o montante de 3.389,6 milhões de reais, em alta de 18,3%, de que a maior fatia foi a venda de voos domésticos, com 1.386,3 milhões (+15,4%), seguida pelos voos internacionais, com 996,7 milhões (+18,6%), hotelaria no Brasil, com 593 milhões (+22,7%), eventos, com 155,2 milhões (+32,4%), rent-a-car, com 65,9 milhões (+35,8%), serviços, com 64,9 milhões (-53,1%), e hotelaria no estrangeiro, com 64,28 milhões (+3,2%).

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica