TAP reafirma empenhamento na resolução rápida dos pedidos de reembolsos

A TAP Air Portugal distribuiu na manhã desta sexta-feira, dia 24 de setembro, uma nota informativa, em que pretende esclarecer notícias vindas a público na imprensa portuguesa acerca dos bilhetes já vendidos, e respectivas quantias cobradas, para viagens ainda não realizadas.

A companhia alerta para o facto normal de “como qualquer outra companhia aérea, vende antecipadamente os bilhetes para os seus voos”. “A cobrança dos bilhetes não é realizada a bordo, nem após a prestação do serviço, mas sim antes do voo se realizar, como é prática de toda a indústria mundial”, lê-se na nota da companhia aérea portuguesa.

Assim, é verdade que “a TAP já cobrou €657 milhões em bilhetes por voos que ainda não realizou”, que a companhia considera “uma notícia positiva, pois significa que a TAP aumentou o seu volume de vendas para os voos que tinha e tem programados”.

No que diz especificamente respeito a voos cancelados e pedidos de reembolso, a TAP já processou, ao dia de hoje [24 de setembro de 2021], 98 por cento dos pedidos de reembolso efetuados a nível global desde o início da pandemia, fixando-se para esse efeito a data de 1 de março de 2020), no valor de 668 milhões de euros.

Em números absolutos, a TAP recebeu 2,284 milhões de pedidos de reembolso, dos quais se encontram pendentes 46 mil, “evidenciando o esforço e empenho da TAP na resolução rápida deste desafio”, conclui a companhia.

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica