Tempestade de areia encerra aeroportos nas Canárias – Dezenas de voos cancelados

As ilhas do arquipélago espanhol das Canárias, no Oceano Atlântico, estão a ser atingidas neste sábado, dia 22 de fevereiro, por uma tempestade de areia, levada por ventos que sopram fortes do norte de África, e que obrigaram as autoridades regionais a emitirem um sinal de alerta, com o encerramento das operações, para já, em três aeroportos e com o cancelamento de diversas atividades públicas previstas para este fim-de-semana de carnaval.

Fontes oficiais disseram que a tempestade de pó oriundo do deserto do Saara, está a tornar o ar perigoso sobretudo para pessoas com problemas respiratórios ou pulmonares (com dez vezes mais pó do que o normal) e a visibilidade nos aeroportos de Las Palmas de Grã Canária, de Tenerife Norte e de Tenerife Sul, está reduzida a cerca de 400 metros, o que não permite aterragens.

A imagem de abertura foi obtida desde a torre de controlo aéreo no Aeroporto de Las Palmas, na ilha de Gran Canária. Esta mostra um avião da Binter no Aeroporto de Fuerteventura ao fim da tarde. Fotos © TWITTER

A situação agravou-se a partir das 16 horas locais, mesma hora UTC, e a previsão é de que a tempestade de areia e os níveis de poeiras na atmosfera se alastrem a todas as ilhas do arquipélago e se mantenham até meio da manhã da próxima segunda-feira, dia 24 de fevereiro.

Os serviços de Meteorologia alertaram também para a ocorrência de ventos fortes, com rajadas que poderão atingir os 120 quilómetros por hora.

Esta imagem foi distribuída pela NASA e foi obtida desde o satélite Modis. Mostra a tempestade de areia ao início da tarde deste sábado.

Neste sábado, cerca de uma centena de voos já foram afetados, alguns divergiram para o Aeroporto de Faro/Algarve, no sul de Portugal, outros regressaram aos aeroportos de origem, e a previsão é de que todos os aeroportos das Canárias se encontrem inoperacionais neste domingo, dia 23 de fevereiro.

O fim-de-semana é o período com maior movimento de aviões, já que é de rendição dos fluxos turísticos nas ilhas, que recebem anualmente 15 milhões de turistas europeus, não contando com os que se deslocam da Península, em Espanha.

 

  • Notícia em desenvolvimento – 20h00 UTC

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica