TUI Airline implementa nova tecnologia para reduzir consumos nas descolagens

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A TUI Airline implementou totalmente a solução SITA OptiClimb® nas cinco companhias aéreas do Grupo TUI como parte de sua agenda de sustentabilidade para reduzir as emissões de gases poluentes. A implementação gerou uma economia de até 200 Kg de combustível e 600 Kg de CO2 por aeronave, em cada dia.

A descolagem é a fase do voo que mais consome combustível. Dessa forma, a SITA OptiClimb® é uma solução de análise preditiva, que usa o machine learning para criar modelos de desempenho específicos para a empenagem da aeronave. Além disso, a tecnologia é equipada com previsões meteorológicas em 4D e dados operacionais de plano de voo, recursos que possibilitam prever cenários de queima de combustível. A inovação também fornece aos pilotos informações sobre velocidade de subida e de voo, otimizando o consumo de combustível sem comprometer o tempo da viagem.

Segundo a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), o combustível representa quase 30% dos custos operacionais de uma companhia aérea e é o maior contribuinte para as emissões da aviação. Por conta disso, as empresas aéreas estão adotando soluções digitais inovadoras, como a SITA OptiClimb®, para proporcionar reduções mais imediatas de consumo e emissões, complementando as estratégias de longo prazo do setor, como utilizar combustíveis de aviação sustentáveis e renovar as frotas de aeronaves.

A SITA estima que se todas as companhias aéreas utilizassem a tecnologia OptiClimb®, economizariam aproximadamente 5,6 milhões de toneladas de carbono por ano.

Parcialmente utilizada por várias companhias aéreas da TUI em 2022, a SITA OptiClimb® está, hoje, totalmente implementada em todas as cinco empresas do Grupo TUI, composto pela TUI Airways, TUI fly Bélgica, TUI fly Alemanha, TUI fly Países Baixos e TUI fly Países Nórdicos. Como resultado, a solução proporcionou uma economia total para o grupo de cerca de 4.500 toneladas de combustível e 14.000 toneladas de carbono em 2022.

“O Grupo TUI está comprometido com as metas de redução de emissões até 2030 de suas companhias aéreas, seus cruzeiros e hotéis – prevemos que as emissões da TUI Airline devem ser reduzidas em 24%. Uma das maneiras pelas quais pretendemos alcançar esse objetivo é por meio de medidas operacionais que melhoram o planeamento de voos e otimizam a gestão de combustível, aproveitando tecnologias inovadoras como a SITA OptiClimb®”, destaca Marco Ciomperlik, administrador do Grupo TUI com a responsabilidade das companhias aéreas.

“Estamos muito satisfeitos em continuar apoiando a agenda de sustentabilidade do Grupo TUI. Nosso objetivo é auxiliar a indústria de transporte aéreo a progredir mais rapidamente em nossa jornada comum rumo às emissões zero de carbono, além de melhorar a eficiência das viagens, por meio de inovação e tecnologia”, conclui Yann Cabaret, presidente executivo da SITA para o setor da Aviação.

 

 

Sobre a SITA

A SITA é uma provedora de Tecnologias de Informação para o setor de transporte aéreo, oferecendo soluções para companhias aéreas, aeroportos, aeronaves e governos. As tecnologias desenvolvidas pela empresa possibilitam viagens aéreas mais integradas, seguras e sustentáveis.

Com cerca de 2.500 clientes, as soluções da SITA impulsionam a eficiência operacional em mais de 1.000 aeroportos, ao mesmo tempo em que cumprem a promessa de viabilizar 17 mil aeronaves conectadas para clientes em todo o mundo. A SITA também fornece soluções de tecnologia que auxiliam mais de 70 órgãos governamentais a encontrar o equilíbrio entre fronteiras seguras e viagens eficientes. A sua rede de comunicações conecta todos os cantos do globo e abrange 60% da troca de dados da comunidade do transporte aéreo.

A SITA é 100% de propriedade da indústria de aviação e totalmente impulsionada por suas necessidades. É uma das empresas com maior diversidade internacional, prestando serviços em mais de 200 países e territórios.

 

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Governo assegura que “não vai haver aporte do Estado” para o novo aeroporto de Lisboa

O ministro português das Infraestruturas, Miguel Pinto Luz (na...

Lisboa volta a ter voo direto para o Cairo – Egyptair retomou a rota com dois voos semanais

A Egyptair está de regresso a Portugal, tendo retomado...

CRJ-200ER despenhou-se no Nepal – Morreram 18 dos 19 ocupantes da aeronave que fazia um voo de teste

Um avião a jato bimotor CRJ-200ER da companhia nepalesa...

Ativistas climáticos interromperam tráfego aéreo em Colónia/Bona – Movimento já foi retomado

O Aeroporto de Colónia/Bona, na Alemanha, já reabriu ao...