TUI UK iniciou temporada de Verão com voo para a ilha da Madeira

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A TUIfly UK, companhia aérea do Grupo TUI baseada no Reino Unido, anunciou nesta segunda-feira, dia 17 de maio, que iniciou a sua época de Verão de 2021 com um voo para a ilha da Madeira, em Portugal, à partida de Manchester, na Inglaterra.

Este foi também o voo da retoma das operações turísticas no Reino Unido, onde tal atividade esteve suspensa até a semana passada devido a restrições provocada por um amplo confinamento ordenado pelo Governo do País, determinante para enfrentar a pandemia de covid-19 que, no Reino Unido, teve extrema relevância e resultados bastante trágicos, já que foi o País da Europa que registou maior número de mortos.

Os primeiros voos surgiram com a reabertura do mercado de viagens organizadas para o exterior, em lazer ou férias, com uma lista de 12 territórios ultramarinos britânicos e de alguns países europeus, em que se destaca Portugal, contemplado nesta segunda-feira com mais de duas dezenas de voos, nomeadamente para Faro/Algarve e para as ilhas da Madeira e do Porto Santo, no Oceano Atlântico, zonas portuguesas que, desde sempre cativam as preferências dos britânicos.

 

 

Na Região Autónoma da Madeira, composta pelas ilhas da Madeira e do Porto Santo, chegaram nesta segunda-feira, quatro voos da TUIfly UK: um de Manchester e um de Birmingham para a Madeira e dois de Londres/Gatwick (um para a Madeira e outro para o Porto Santo). Para a ilha da Madeira chegou também um voo da British Airways, proveniente de Londres/Heathrow.

Os voos da TUIfly UK são voos organizados pelo operador, mas que recebem também reservas de viajantes individuais desde que sobrem lugares vagos. Durante o Verão serão acertadas as frequências de acordo com a procura. No final de maio terá início mais um voo semanal para o Porto Santo, com partida de Manchester. Estes voos manter-se-ão até outubro.

A British começa com dois voos semanais, mas acertará até ao voo diário, todo o ano, como acontecia no período pré-covid-19. São voos regulares, com uma boa percentagem de portugueses emigrados no Reino Unido e de turistas individuais, normalmente repetentes na ilha da Madeira.

A EasyJet voará de dois aeroportos ingleses para a Madeira: Londres/Gatwick e Bristol. Serão voos regulares, retomando ligações que já estavam ativas antes da pandemia.

A Jet2 está a montar uma operação para a ilha da Madeira, de grande envergadura de oito aeroportos do Reino Unido, que se manterá no período de Verão, com uma média de 11 voos semanais.

 

Quanto à TAP volta a não estar presente na rota de Londres, à partida da Madeira. Recorde-se que há cerca de uma dezena de anos a companhia aérea portuguesa tinha voos regulares diários entre a ilha e a capital britânica, uma ligação que abandonou aquando do reforço do hub em Lisboa. A British Airways reforçou a sua presença na rota da Madeira nos últimos anos, a par de outros operadores charters e da EasyJet.

Com o número de voos que está previsto entre aeroportos do Reino Unido e do arquipélago da Madeira, haverá, neste Verão, uma disponibilidade média semanal de cerca de 5.000 lugares, a maioria turistas que visitam as ilhas em férias.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...