TUI UK iniciou temporada de Verão com voo para a ilha da Madeira

A TUIfly UK, companhia aérea do Grupo TUI baseada no Reino Unido, anunciou nesta segunda-feira, dia 17 de maio, que iniciou a sua época de Verão de 2021 com um voo para a ilha da Madeira, em Portugal, à partida de Manchester, na Inglaterra.

Este foi também o voo da retoma das operações turísticas no Reino Unido, onde tal atividade esteve suspensa até a semana passada devido a restrições provocada por um amplo confinamento ordenado pelo Governo do País, determinante para enfrentar a pandemia de covid-19 que, no Reino Unido, teve extrema relevância e resultados bastante trágicos, já que foi o País da Europa que registou maior número de mortos.

Os primeiros voos surgiram com a reabertura do mercado de viagens organizadas para o exterior, em lazer ou férias, com uma lista de 12 territórios ultramarinos britânicos e de alguns países europeus, em que se destaca Portugal, contemplado nesta segunda-feira com mais de duas dezenas de voos, nomeadamente para Faro/Algarve e para as ilhas da Madeira e do Porto Santo, no Oceano Atlântico, zonas portuguesas que, desde sempre cativam as preferências dos britânicos.

 

 

Na Região Autónoma da Madeira, composta pelas ilhas da Madeira e do Porto Santo, chegaram nesta segunda-feira, quatro voos da TUIfly UK: um de Manchester e um de Birmingham para a Madeira e dois de Londres/Gatwick (um para a Madeira e outro para o Porto Santo). Para a ilha da Madeira chegou também um voo da British Airways, proveniente de Londres/Heathrow.

Os voos da TUIfly UK são voos organizados pelo operador, mas que recebem também reservas de viajantes individuais desde que sobrem lugares vagos. Durante o Verão serão acertadas as frequências de acordo com a procura. No final de maio terá início mais um voo semanal para o Porto Santo, com partida de Manchester. Estes voos manter-se-ão até outubro.

A British começa com dois voos semanais, mas acertará até ao voo diário, todo o ano, como acontecia no período pré-covid-19. São voos regulares, com uma boa percentagem de portugueses emigrados no Reino Unido e de turistas individuais, normalmente repetentes na ilha da Madeira.

A EasyJet voará de dois aeroportos ingleses para a Madeira: Londres/Gatwick e Bristol. Serão voos regulares, retomando ligações que já estavam ativas antes da pandemia.

A Jet2 está a montar uma operação para a ilha da Madeira, de grande envergadura de oito aeroportos do Reino Unido, que se manterá no período de Verão, com uma média de 11 voos semanais.

 

Quanto à TAP volta a não estar presente na rota de Londres, à partida da Madeira. Recorde-se que há cerca de uma dezena de anos a companhia aérea portuguesa tinha voos regulares diários entre a ilha e a capital britânica, uma ligação que abandonou aquando do reforço do hub em Lisboa. A British Airways reforçou a sua presença na rota da Madeira nos últimos anos, a par de outros operadores charters e da EasyJet.

Com o número de voos que está previsto entre aeroportos do Reino Unido e do arquipélago da Madeira, haverá, neste Verão, uma disponibilidade média semanal de cerca de 5.000 lugares, a maioria turistas que visitam as ilhas em férias.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica