Bem-vindo, !|Sair

Virgin Atlantic despede 500 profissionais do ‘background’ da companhia

banner-promocao-750x120-25062015


 

A companhia britânica Virgin Atlantic anunciou na semana passada que irá negociar o despedimento de cerca de 500 empregados de sectores não relacionados diretamente com a operação aérea. Trata-se de profissionais de áreas de administração e do sector de vendas que hoje são considerados em excesso tendo em conta a evolução tecnológica dos serviços a que estão adstritos.

Os cortes serão feitos obrigatoriamente tendo em vista uma melhor sustentabilidade do negócio e os processos têm de estar concluídos o mais rápido possível, segundo um projeto de reestruturação que conforma uma redução de custos que estará em funcionamento pleno em 2018, disse um porta-voz da companhia.

A Virgin Atlantic, companhia aérea que se dedica ao longo curso, fundado pelo conhecido empresário Richard Branson, está neste momento a executar um plano de mudanças radicais no seu funcionamento interno, apostado na maior rentabilidade dos seus aviões e pessoal e, nomeadamente, no conforto e bem-estar dos seus passageiros, o que tem sido uma das imagens de marca da Virgin.

Nós precisamos reencontrar um caminho de sucesso, tomando as decisões adequadas, cortando onde há gastos excessivos, mas sempre sem prejudicar a eficiência dos nossos serviços, nem a eficácia das nossas rotas, disse Craig Kreeger, presidente executivo da Virgin Atlantic.

No último ano fiscal (Março de 2014 a Março de 2015) a companhia britânica teve o seu primeiro ano de prejuízo nos últimos quatro anos: cerca de 21,6 milhões de dólares no negativo, antes de taxas e impostos.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica