VoloDrone que transporta carga até 200 quilos apresentado em Berlim

Comprometidos com a inovação nas cadeias de abastecimento, o pioneiro da mobilidade na aérea urbana, Volocopter, e o prestador de serviços de logística global, DB Schenker, estão a desenvolver em conjunto soluções para um transporte de mercadorias mais rápido e sem emissões de carbono.

O drone de transporte pesado da Volocopter foi apresentado, pela primeira vez, aos políticos federais alemães durante a Conferência Nacional de Aviação (Nationale Luftfahrtkonferenz), no aeroporto de Berlim Brandenburg, na Alemanha. Inúmeros políticos e representantes da indústria da aviação visitaram o VoloDrone. A aeronave é autónoma e operada eletricamente e pode transportar até 200 quilos de carga com um alcance de até 40 quilómetros.

“Os nossos clientes exigem limpeza, rapidez e soluções inovadoras para as suas cadeias de abastecimento. Quando as infra-estruturas para os meios de transporte convencionais estão sobrecarregados ou são inexistentes, os drones de carga oferecem uma oportunidade para repensar as rotas logísticas. As possíveis aplicações em logística são ilimitadas. Através da nossa parceria com a Volocopter, esta visão está gradualmente a tornar-se realidade. O transporte através de drones está a tornar-se cada vez mais tangível. A Conferência Nacional de Aviação em Berlim oferece-nos uma excelente oportunidade de dar aos políticos alemães uma impressão viva disto”, disse Jochen Thewes, presidente executivo da DB Schenker.

 

O VoloDrone que esteve em exposição na Conferência Nacional de Aviação é uma aeronave de teste da Volocopter com um contentor de transporte da DB Schenker. Em operação comercial, poderá cobrir distâncias até 40 quilómetros. O drone tem 9,15 metros de diâmetro e 2,15 metros de altura. O VoloDrone pesa 600 quilos, com uma carga útil adicional de até 200 quilos. As operações por drone serão totalmente elétricas com capacidades autónomas para além da linha visual de visão (BVLOS). O drone pode descolar e aterrar verticalmente. O primeiro voo teve lugar em 2019. Desde então, têm sido realizados testes de voo regulares em vários aeródromos no sul da Alemanha.

As futuras aplicações logísticas para o drone de carga incluem locais de difícil ou mais lento acesso por outros meios, tais como ilhas, entregas em navios, transporte para regiões montanhosas, ou locais isolados das redes rodoviárias após desastres naturais. As entregas intra-cidades são também casos de utilização plausível.

A DB Schenker tem sido um investidor na Volocopter desde 2020. O objetivo é promover o desenvolvimento e lançamento no mercado da VoloDrone para a indústria logística. A DB Schenker está a testar inúmeras tecnologias inovadoras e viradas para o futuro a nível mundial, a fim de tornar os seus serviços para os clientes ainda mais flexíveis e amigos do ambiente e reduzir ainda mais as emissões sonoras e a poluição.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica