Air Europa alerta passageiros para cancelamento dos seus cartões de crédito

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A companhia aérea espanhola Air Europa sofreu na madrugada desta terça-feira, dia 10 de outubro, um ataque informático, estando a contactar os clientes para lhes pedir que cancelem os cartões de crédito, uma vez que os piratas informáticos conseguiram acesso a informação bancária.

Segundo o jornal espanhol El País, a Air Europa confirmou o ataque, que aconteceu devido a uma “falha de segurança” nos sistemas informáticos, mas garante que a vulnerabilidade já foi controlada e que, até ao momento, nenhum dos seus clientes sofreu qualquer tentativa de fraude. Porém, a companhia não deixou de enviar e-mails aos clientes pedindo a adoção de medidas preventivas: aconselha-os a entrarem em contacto com as entidades bancárias e a pedirem a anulação ou substituição do cartão de crédito, para poderem evitar o eventual uso fraudulento das informações.

“Não facilite informação pessoal, o pin, nome ou qualquer outro dado através de telefone, mensagem ou e-mail, inclusivamente quando se identifiquem como a sua entidade bancária”, lê-se na mensagem remetida pela Air Europa aos clientes, a que o ‘El País’ teve acesso.

A Air Europa garantiu ainda ao jornal espanhol que os piratas informáticos tiveram acesso, exclusivamente, a dados associados aos cartões bancários e não a outras bases de dados da companhia aérea com informação pessoal dos passageiros.

Apesar do ciberataque, a companhia garante que todos os seus sistemas estão, esta terça-feira, a funcionar dentro da normalidade, colocando-se à disposição de todos os clientes afetados pela ação dos hackers para qualquer tipo de aconselhamento. “O nosso objetivo é evitar que situações semelhantes aconteçam no futuro, bem como minimizar os possíveis incómodos que esta situação possa causar”, lê-se ainda no e-mail enviado aos clientes pela Air Europa.

O ‘El País’ lembra que não é a primeira vez que a Globalia, a dona da Air Europa, é alvo de um ataque informático com consequências para os clientes. Em 2018, hackers conseguiram ter acesso a dados pessoais e bancários de quase meio milhão de pessoas nos registos da companhia, o que levou a Agência Espanhol de Proteção de Dados a aplicar à Globalia uma multa no valor de 600 mil euros.

A Air Europa realiza voos regulares para Portugal e Brasil, pelo que devem existir clientes portugueses e brasileiros afetados por esta “falha de segurança”.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Chefe do Governo de Cabo Verde diz que avião anunciado há 12 dias “vai chegar”

O primeiro-ministro cabo-verdiano disse nesta terça-feira, dia 16 de...