Bem-vindo, !|Sair

Airbus ameaça sair do Reino Unido face às incertezas do ‘Brexit’

A Unicâmbio dá milhas 1€=1Milha


 

A Airbus ameaçou reconsiderar os seus investimentos e a sua presença no Reino Unido se o país deixar a União Europeia no próximo ano sem um acordo.

A construtora aeronáutica europeia explica em comunicado, divulgado na quinta-feira, dia 21 de junho, que a “saída do país do mercado único e do espaço alfandegário sem uma transição acordada implicaria fortes interrupções na produção britânica”.

“Esse cenário obrigaria a Airbus a reconsiderar os investimentos no Reino Unido e a sua implementação a longo prazo no país, minando seriamente os esforços do Reino Unido para manter uma indústria aeroespacial competitiva e inovadora”, disse o diretor de operações da Airbus.

Tom Williams (na imagem de abertura) considera ser necessário adotar medidas de mitigação porque “em qualquer cenário, o ‘Brexit’ tem sérias consequências negativas para a indústria aeroespacial britânica e para a Airbus em particular”.

O responsável disse que a empresa quer “detalhes imediatos sobre as medidas pragmáticas que devem ser tomadas para operar de forma competitiva”.

O grupo estimou que o atual período de transição previsto, que termina em dezembro de 2020, “é muito curto” para implementar as mudanças necessárias na ampla cadeia de fornecimento.

A Airbus emprega mais de 15.000 funcionários em mais de 25 locais no Reino Unido e trabalha diretamente com mais de 4.000 empresas, incluindo a Rolls-Royce (motores de aviões) e a GKN Aerospace, as duas mais importantes na cadeia de fornecedores da Airbus país.

 

 




Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica