Avião da United regressa ao Porto após colisão com pássaros na descolagem

Um avião Boeing 757-200ER da companhia aérea norte-americana United Airlines “reportou um bird strike durante a descolagem com falha de motor” e “declarou emergência” nesta terça-feira, dia 6 de agosto, à partida do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, no norte de Portugal. O avião dirigia-se para o Aeroporto de Newark/Liberty, no Estado de Nova Jérsia, nos Estados Unidos (voo UA145). A aeronave regressou ao Aeroporto do Porto, no qual aterrou em segurança, estando todos os passageiros bem.

Fontes aeronáuticas confirmaram que o avião terá colidido, pelas 12h40 locais, com um bando de aves e um dos motores terá sugado alguns animais, razão da anomalia que levou o comandante a retornar ao aeroporto, de onde tinha descolado cerca de um minuto antes.

A Autoridade da Proteção Civil do Porto confirmou à agência de notícias ‘Lusa’, por seu turno, que foi ativado às 12h44 o “alerta de nível número 1” – que obriga 11 corporações da zona do aeroporto a colocarem em prevenção no quartel um veículo cada -, devido a um “problema numa aeronave” no Aeroporto de Sá Carneiro.

“Os bombeiros ficaram de prevenção, mas não chegaram a sair para o terreno. A ocorrência foi fechada às 13h19”, disse a mesma fonte da Autoridade da Proteção Civil do Porto.

 

  • A imagem de abertura mostra um avião da United Airlines no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, fotografado aquando do voo inaugural Newark-Porto, em maio do ano passado. Foto © Carlos Seabra.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica