Azores Airlines continua com diversos voos atrasados e passageiros em espera

A Azores Airlines, companhia do Grupo SATA, informou nesta quarta-feira, dia 17 de julho, que, na sequência da avaria de dois aviões – um Airbus A340-300 da Hi Fly, que efetuava voos em regime de ACMI (aluguer da aeronave com tripulação, manutenção e seguro) para a transportadora, e uma aeronave Airbus A320 da própria companhia – viu-se obrigada a cancelar as ligações previstas entre Boston (EUA) e os Açores e, ainda, reduzir ou cancelar algumas ligações domésticas previstas para os dias 13, 14, 15, 16, 17 de julho.

O comunicado explica que estes cancelamentos em cadeia originaram diversas irregularidades cuja recuperação tem sido dificultada pela indisponibilidade de alternativas no mercado que permitam repor, de forma eficaz, a regularidade da operação aérea. Neste contexto, a companhia aérea tem desenvolvido esforços no sentido de antecipar a entrada em linha da nova unidade Airbus A321neo LR (matrícula CS-TSH), que se encontra atualmente em processo de certificação.

O primeiro voo comercial do novo avião do Grupo SATA, em Lisboa desde o início da semana passada (LINK notícia relacionada), estava planeado para a próxima sexta-feira, dia 19 de julho, mas considerando os constrangimentos verificados na operação aérea, desde o passado fim-de-semana, foi considerada a possibilidade de antecipar a sua entrada em linha, o que deverá ocorrer brevemente.

O certo é que o primeiro voo comercial do CS-TSH chegou a estar programado para a terça-feira, dia 16 de julho, mas devido à falta de certificação, não foi realizado, tendo ficado adiada para esta quarta-feira, dia 17. Até às 18h00 UTC não há notícia que tenha descolado de Lisboa.

“Embora tenha sido possível reacomodar em diversos voos e encontrar solução de transporte para cerca de 1.800 passageiros, que haviam ficado retidos nos aeroportos de Ponta Delgada, Lisboa, Horta, Terceira e Boston, ainda não foi possível repor a totalidade do tráfego, estando ainda por reacomodar cerca de 300 passageiros, principalmente entre os Açores e Boston”, resume o comunicado da Azores Airlines distribuído na manhã desta quarta-feira.

Aos passageiros para os quais a transportadora ainda não encontrou solução adequada, tem sido prestada a assistência prevista para casos desta natureza.

A Azores Airlines “lamenta profundamente o ocorrido e tem vindo a fazer tudo o que está ao seu alcance para fazer chegar os passageiros ao seu destino, o mais rapidamente possível”, conclui o documento distribuído pela empresa do Grupo SATA.

 

  • Na imagem de abertura vemos o novo Airbus A320neo LR da Azores Airlines que deve entrar ao serviço nesta semana.
  • Notícia em desenvolvimento – 18h00 UTC

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica