B787-9 da Vietnam Airlines esteve a um minuto do solo sem trem de aterragem

O comandante de um avião Boeing 787-9 Dreamliner da Vietnam Airlines abortou imediatamente a aterragem no Aeroporto de Melbourne, na Austrália, logo que se apercebeu que não tinha descido o trem de aterragem e estava muito próximo de tocar a pista. O incidente verificou-se nesta quinta-feira, dia 19 de setembro, pelas 08h00 da manhã locais (22h00 UTC de quarta-feira, dia 18) com um voo proveniente de Ho Chi Minh (VN781).

A imprensa australiana diz que foram os controladores aéreos, que seguiam visualmente a aproximação do avião vietnamita, que descobriram que o trem não tinha baixado e que alertaram a tripulação para o sucedido quando o aparelho estava a 675 pés de altitude (pouco mais de 200 metros) alinhado com a pista.

As autoridades aeronáuticas australianas consideraram o incidente extremamente grave e abriram um inquérito oficial para apuramento dos factos. Fontes da torre de controlo aéreo disseram que a tripulação se esqueceu de acionar o dispositivo que baixa os trens de aterragem, e que a tragédia esteve iminente. O site de rastreio de aeronaves ‘FlightRadar24’ registou o avião a 1.500 pés (cerca de 450 metros) da pista e depois uma subida imediata para os 20.000 pés (cerca de 6.000 metros), altitude a partir da qual retomou a aproximação e baixou o trem. Aterrou em segurança pelas 08h30 locais.

Um piloto que trabalha para uma grande companhia aérea internacional – que pediu para não ser identificado – disse a um jornal australiano que o avião estava a menos de um minuto de tocar no solo e que “esta falha da tripulação é um incidente muito grave”, porque incide, precisamente, “num procedimento padrão do processo de aterragem”.

Contudo, há opiniões diferentes. Pode-se ter verificado uma avaria no sistema de descida do trem e o alerta electrónico não ter funcionado devidamente.

“Como parte da investigação, o Australian Transport Safety Bureau obterá informações junto da tripulação de voo e informações adicionais, conforme necessário”, disse um porta-voz do organismo no comunicado, que não confirma a altitude em que o controlador aéreo diz ter encontrado o avião sem o trem ativado.

O Boeing 787 Dreamliner envolvido no incidente, matrícula VN-A870, tem menos de três anos e acomoda 264 passageiros.

O gerente de vendas da Vietnam Airlines, Huy Trinh, disse que a empresa estava trabalhando em estreita colaboração com o ATSB para investigar o incidente. “Vamos divulgar uma declaração oficial assim que o resultado da investigação estiver disponível”, disse ele.

Entretanto a Vietnam Airlines divulgou uma nota oficial na noite desta quinta-feira (pelas 13h00 UTC) em que confirma o incidente mas em que, naturalmente, não explica o que poderá ter acontecido. Manifesta-se disposta a trabalhar com as autoridades aeronáuticas australianas para apurar os factos.

 

Publicamos em seguida a versão em inglês do comunicado que a Vietnam Airlines distribuiu à imprensa internacional:

 

  • Notícia atualizada e corrigida (valores de altitude) – 14h45 UTC

2 Comments

  1. Avatar

    Esperamos a honestidade da tripulação para que não seja mascarado um possível problema de sistema na aeronave para que não ocorra novamente em ambas as circunstâncias, seja erro da tripulação ou do equipamento/projeto.

  2. Avatar

    A tripulação abortou a aterragem, e subiu para 20.000 ft, de certeza? Não terá sido 4000 ft, que é o missed approach altitude em todas as aproximações em Melbourne?

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica