Etihad Airways retoma voos para a África do Sul e Zanzibar

A Etihad Airways, companhia aérea baseada no Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos, anunciou nesta quinta-feira, a abertura de três novos destinos sem quarentena para a próxima estação de Inverno. Em novembro começará a voar para Joanesburgo e Cidade do Cabo, as duas mais importantes cidades da República da África do Sul, e para a ilha de Zanzibar, no Oceano Índico.

Tony Douglas, presidente executivo (CEO) do Grupo Etihad, diz em comunicado que a companhia está muito confiante no sucesso destes novos destinos na África, que permitirão sobretudo aos turistas europeus e asiáticos novas descobertas e cenários inolvidáveis.

“Joanesburgo é uma rota importante na nossa rede e oferece conectividade vital de e para a região da África Austral. Na costa sul, a Cidade do Cabo é uma parte do mundo de cortar a respiração, com algo a oferecer ao viajante mais perspicaz. Da mesma forma, a bela ilha de Zanzibar complementará a nossa rede para as Maldivas e Seychelles, oferecendo mais escolha para os viajantes de lazer que procuram desfrutar do glorioso oceano Índico”, considera Tony Douglas, num comunicado distribuída pela companhia aérea.

A Etihad vai iniciar os voos para Joanesburgo, a maior cidade da África do Sul, a partir de 25 de novembro. Ao mesmo tempo, irá lançar a sua operação para a Cidade do Cabo. Ambos os destinos irão operar três vezes por semana, às segundas, quintas e sábados. A rota será com aviões Boeing 787-9 Dreamliner, com 28 compartimentos individuais que a companhia designa como “estúdios de negócios”, 78 lugares no Espaço Económico e 184 lugares em Classe Económica.

O novo serviço para Zanzibar funcionará a partir de 26 de novembro dando aos residentes nos Emirados Árabes Unidos as férias de Inverno ideais. A rota também oferecerá fácil conectividade aos hóspedes que viajam da Europa e da América do Norte e que transitam por Abu Dhabi. Os voos regulares serão às terças, sextas e domingos com aeronaves Airbus A320 da companhia aérea, oferecendo oito lugares em Classe Executiva e 150 lugares em Económica.

A Etihad foi a primeira companhia aérea do mundo a vacinar totalmente a sua tripulação a bordo. A companhia aérea também exige que 100% dos seus passageiros apresentem um teste PCR negativo antes do embarque, o que protege o ambiente de voo, agora reconhecido como sendo um dos melhores do mundo.

Com a abertura destas novas rotas a Etihad passará a servir 70 destinos em 47 países.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica