FAA ordena paragem de dois dias após aplicação da vacina entre os profissionais

A Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos da América (FAA) determinou que os pilotos podem ser vacinados de acordo com as condições de seu Certificado Médico de Aviação emitido pela organização, assim como os controladores de tráfego aéreo, que estão sujeitos à certificação médica da FAA.

Para manter o mais alto nível de segurança no Sistema Nacional de Espaço Aéreo, a agência exigirá que os profissionais de aviação com atestados médicos ou habilitações médicas cumpram um prazo de 48 horas após a administração desta vacina, antes de prosseguirem a sua atividade profissional após terem sido vacinados.

Como a vacina Pfizer requer duas doses, com 21 dias de intervalo para eficácia máxima, esse período de espera será aplicado após a administração de cada dose.

A FAA não prevê tomar medidas adicionais para garantir a segurança após esse período para verificação de eventuais efeitos colaterais. No entanto, os profissionais médicos da agência norte-americana acompanharão continuamente a distribuição inicial da nova vacina e os resultados clínicos documentados e ajustarão essas recomendações conforme necessário.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica