FAB manda pousar avião ligeiro por suspeita de voo clandestino

Um avião A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira (FAB) interceptou um avião ligeiro Beechcraft F90 King Air, matrícula PT-SH, na passada terça-feira, dia 26 de março, quando este voava o município de Rondonópolis, no Estado do Mato Grosso.

Os militares deram ordem ao piloto para pousar no Aeroporto Maestro Marinho Franco, em Rondonópolis, a cerca de 220 quilómetros de Cuibá, capital do Estado, para ser revistado e inspecionado pela Polícia Federal (PF), uma ação que a FAB justificou como integrada na ‘Operação Ostium’ que pretende coibir ilícitos fronteiriços, nomeadamente o transporte de droga e outros voos clandestinos. Esta operação é da responsabilidade da FAB e da PF.

Porque o avião viajava sem plano de voo aprovado, havia a suspeita de que estivesse a ser utilizado no transporte de drogas, o que na realidade, após a inspeção, não veio a confirmar-se. Por outro lado, as autoridades tiveram de comunicar que o voo não estava autorizado, pelo que foi aberto um inquérito que seguirá as vias normais nestes casos.

A FAB não informou a procedência ou destino da aeronave, nem o número de pessoas a bordo.

 

  • Foto © Tales de Lass Graciano/Jetphotos.net

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica