Falcon 5X fez primeiro voo, mas programa de certificação continua atrasado

Mês da Criança - Participe no sorteio e ganhe bilhetesA fábrica francesa Dassault Aviation anunciou na passada quarta-feira, dia 5 de julho, que o novo jato executivo Falcon 5X fez o seu voo inaugural.

Trata-se do maior avião da série Falcon, equipado com dois motores, que tinha sido apresentado em junho de 2015, e que só agora, mais de dois anos depois, fez o primeiro voo de teste.

Segundo um comunicado da Dassault o protótipo Falcon 5X, que fez um voo inaugural de duas horas, fará nos próximos dias mais alguns voos de pequena duração para afinar alguns pormenores, antes de iniciar a campanha de voos de certificação que deverão decorrer com uma nova versão dos motores Safran Silvercrest, que foi uma das fases mais demoradas deste novo projeto da fábrica francesa, desenvolvido ao longo dos últimos quatro anos.

Ainda com poucas certezas quanto ao tempo que a Safran necessitará para entregar os novos motores, a Dassault admite que os voos de teste sejam interrompidos ainda ano decorrer de julho, e depois retomados, apenas, no próximo ano, quando os motores estiverem prontos e após serem sujeitos a uma primeira avaliação.

Eric Trappier, presidente executivo da Dassault Aviation, refere num comunicado de imprensa que a fábrica lamenta o atraso que este projeto tem sofrido, e afirma que está apostado em recuperar o tempo perdido, ao apresentar na versão final um avião tecnologicamente evoluído, com uma cabina espaçosa e confortável e com a eficiência que já é conhecida em todos os aviões executivos da Dassault.

“Os nossos clientes estão ansiosos por integrar o Falcon 5X nas suas frotas e, por isso, procuraremos que os testes de certificação decorram no mais curto espaço de tempo possível, para podermos entregar as primeiras aeronaves em 2020”, acrescentou Eric Trappier.

A cabina do Falcon 5X será a mais alta (01,98 metros)e mais larga (02,58 metros) do seu segmento na aviação executiva. O avião foi concebido para aterrar a velocidades inferiores, quando comparadas com a de alguns aviões turboélices, e para consumos de combustível significativamente inferiores aos da sua classe, garante a Dassault. Terá capacidade para transportar oito passageiros, além de um tripulação de dois pilotos e um assistente de cabina.

No primeiro voo, no passado dia 5 de julho, o novo Dassault Falcon 5X descolou e pousou no Aeroporto de Bordéus-Mérignac, sob o controlo dos experimentados pilotos de testes Philippe Deleume e Philippe Rebourg.

 

  • Foto © Dassault Aviation – V. Almansa

Faça parte da nossa comunidade - Descarrega já a app NewsAvia

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica