Bem-vindo, !|Sair

Governo de Bissau garante melhores condições de segurança no aeroporto

Otna Na Doha, presidente do conselho de administração da agência de aviação civil da República da Guiné-Bissau, garantiu estarem em curso medidas para estabelecer “maior e melhor segurança” no único aeroporto internacional do país, alvo de reparos internacionais.

Em diversas ocasiões nos últimos meses, a Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) chamou a atenção das autoridades guineenses para a necessidade de serem adotadas medidas urgentes que garantissem segurança no aeroporto, sob pena de lhe ser retirado o estatuto internacional.

Uma das medidas exigidas pela OACI é a adoção de um novo código aéreo, já que o existente no país é considerado caduco, por ser dos anos de 1980, assinalou o presidente do conselho de administração da agência de aviação civil.

«Já adotámos um novo código aéreo, faltando apenas que seja aprovado no parlamento, o que vai acontecer ainda este mês», disse Otna Na Doha.

No cargo há duas semanas, Na Doha disse ter constatado e proposto medidas corretivas no Aeroporto Osvaldo Vieira, nomeadamente acabar com a entrada descontrolada de pessoas em zonas regulamentadas, prática de cultivo no perímetro do aeroporto e ainda melhoramento da pista.

No início do ano algumas companhias aéreas ameaçaram parar de voar para Bissau devido ao mau estado da pista de aterragem.

O cultivo no perímetro do aeroporto é considerado pela OACI como perigoso por atrair pássaros que dificultam a navegação aérea.

Otna Na Doha afirmou também que serão tomadas medidas em relação às cinco casas construídas, por populares, no perímetro do aeroporto e que as autoridades internacionais exigem a sua demolição.

O presidente do conselho de administração da agência de aviação civil guineense anunciou a recuperação de três aparelhos de raio X que se encontravam avariados para destacar que “a partir de hoje há melhorias no aeroporto” de Bissau.

O responsável admitiu que “existem situações” que poderiam levar a que ao aeroporto fosse retirado o estatuto internacional, mas com as medidas em curso “isso não acontecerá”, garantiu.

“O nosso aeroporto até hoje tem estatuto de aeroporto internacional. Não está em nenhuma lista negra”, observou Otna Na Doha.

Duas companhias aéreas voam entre Lisboa e Bissau: a TAP Air Portugal (três vezes por semana) e a EuroAtlantic Airways, com um voo semanal.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica