Irlandês Willie Walsh assume liderança da IATA

O irlandês Willie Walsh, antigo presidente executivo do Grupo IAG, dono da British Airways, Iberia e Aer Lingus, entre outras companhias aéreas europeias, é a partir desta quinta-feira, dia 1 de abril, o novo diretor-geral executivo (CEO) da IATA – Associação Internacional de Transporte Aéreo.

A organização agradeceu ao francês Alexandre de Juniac, um executivo de grande prestígio no sector da aviação comercial em todo o mundo, o seu trabalho à frente da IATA nos últimos cinco anos da vida da associação, um período algo atribulado, devido às sucessivas crises financeiras que abalaram diversas empresas do sector e, duma maneira particular desde o início de 2020, quando o mundo foi confrontado com a pandemia de covid-19.

Na imagem, distribuída pela IATA, vemos Willie Walsh, à esquerda, com o seu antecessor, Alexandre de Juniac, que liderou a IATA desde setembro de 2016, vindo do Grupo Air France-KLM, onde ocupou funções de presidente e diretor-geral executivo (CEO) do grupo europeu de aviação comercial.

Willie Walsh, natural de Dublin, na República da Irlanda, foi indicado para diretor-geral da IATA em novembro de 2020, durante a 76.ª Assembleia-Geral da associação, que decorreu em formato virtual.

Num comunicado divulgada nesta quinta-feira, dia 1 de abril, a IATA lembra que Willie Walsh conta com uma carreira de mais de 40 anos ao serviço da aviação e tinha deixado o IAG em setembro de 2020, depois de ter sido o CEO do grupo de aviação desde a sua criação, em 2011.

Willie Walsh foi também foi CEO da British Airways entre 2005 e 2011, bem como da Aer Lingus de 2001 a 2005, companhia aérea onde começou a sua carreira em 1979, como piloto. O novo diretor-geral da IATA também já tem um passado em comum com a associação, uma vez que integrou o  Conselho de Governadores da IATA ao longo de 13 anos, entre 2005 e 2018.

 

  • Notícia corrigida e atualizada – 01.abril.2021 15h45 UTC

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica