Bem-vindo, !|Sair

Subsidiária da Japan Airlines compra 27 jactos à construtora brasileira Embraer

A Embraer assinou um contrato com a Japan Airlines (JAL) para um pedido firme de 15 E-Jets, compreendendo os modelos E170 e E190, além de doze aeronaves adicionais da família de E-Jets, anunciou hoje, dia 28 de Agosto, a construtora aeronáutica brasileira, em São José dos Campos (Estado de São Paulo) . O valor do pedido firme é de 677 milhões de dólares norte-americanos, com base no preço de catálogo de 2014.

Esta nova encomenda será incluída na carteira de pedidos firmes da Embraer do terceiro trimestre deste ano. Todas as aeronaves serão operadas pela J-Air, subsidiária integral da Japan Airlines que tem sua sede no aeroporto de Itami, em Osaka (Japão). A companhia já tem na sua frota 15 jatos E170. As entregas dos novos E-Jets estão previstas para começar no próximo ano.

“Estamos operandoos nossos E-Jets desde há cinco anos e os aviões atingiram uma excelente taxa de disponibilidade, de 99,7%. São eficientes e têm apresentado um desempenho excepcional”, disse Yoshiharu Ueki, diretor-presidente da Japan Airlines. “Ter a combinação do E170 e do E190 na nossa frota nos dará grande flexibilidade, permitindo-nos adequar a capacidade à demanda tanto nas atuais rotas da nossa rede quanto nas futuras. Nossos passageiros ficaram impressionados com o espaço e o conforto a bordo do E170. Eles valorizam o fato de que não há nenhum assento do meio.”

“Este pedido adicional da Japan Airlines é uma afirmação do valor agregado que os E-Jets têm trazido às operações desta empresa aérea ao longo dos anos – permitindo à companhia o crescimento da sua rede doméstica de uma forma sustentável”, disse Paulo César Silva, presidente e CEO da Embraer Aviação Comercial. “Os E-Jets têm um histórico global comprovado e esperamos confiantes pela estreia operacional do E190 no Japão. É uma reafirmação do conceito de família ver o E190 complementando a frota de E170 também no Japão, aprimorando as operações da J-Air e proporcionando uma experiência sem igual a todos os seus passageiros em toda sua rede. A companhia aérea também se beneficiará do elevado nível de comunalidade entre os dois tipos de E-Jets.”

A J-Air, uma das seis subsidiárias da JAL para o transporte aéreo, opera atualmente 176 voos diários em toda a sua rede, que alcança 21 cidades incluindo Osaka-Itami, Sapporo, Sendai, Kagoshima, Miyazaki e Fukuoka.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica