Tanzânia proíbe entrada de plásticos nos aeroportos – Mas há exceções…

O Governo da República da Tanzânia, país da África Oriental, que tem fronteira com Moçambique, anunciou no passado dia 16 de maio, a proibição de entrada no País de artigos em plástico, a partir do próximo dia 1 de junho, assim como a sua importação, exportação, produção, venda, armazenamento e fornecimento em todo o território continental sob a sua jurisdição.

Uma nota governamental, cuja cópia do texto em inglês publicamos no final, faz especial menção aos plásticos que possam chegar ao País levados por visitantes, que ficam avisados de que existirão nos aeroportos inspectores para verificação das bagagens, a fim de não permitir a entrada de sacos ou embalagens em plástico e, nomeadamente, os reforços de fitas plásticas que reforçam e protegem as malas em viagem e que passam a ser proibidas.

Há várias exceções previstas, de acordo com uma nota emanada do gabinete do vice-Presidente da República da Tanzânia. Quanto aos viajantes a tolerância é pouca em termos de embalagens que poderão ficar depois abandonadas no País, sendo permitidos contudo os sacos plásticos para acondicionamento de artigos de higiene e medicamentos, por exemplo, desde que não sejam descartáveis, o que significa que os visitantes terão de levá-los de volta quando abandonarem a Tanzânia.

A intenção do governo tanzaniano é evitar a entrada de mais plásticos para preservar as suas paisagens e a sua fauna dos efeitos perversos do abandono de matérias plásticas no ambiente.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica