TAP faz voo fretado entre Caracas e Lisboa a 6 de outubro

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Um avião da TAP Air Portugal vai regressar ao Aeroporto Internacional Simón Bolívar, em Maiquetía, que serve a cidade de Caracas, no próximo dia 5 de outubro.

O voo será realizada por um Airbus A330-900neo da companhia aérea portuguesa, e marca a estreia deste tipo de avião da companhia de bandeira portuguesa nesta rota, se bem que seja um voo não-regular. A viagem está a ser organizada pelo Consulado-geral de Portugal em Caracas, para trazer de regresso a Portugal diversos cidadãos nacionais que se encontram naquele país latino-americano sem transporte devido às restrições impostas pelo Governo Bolivariano ao movimento aéreo devido à pandemia de covid-19.

O voo, marcado para o dia 6 de outubro, é o terceiro organizado pelo consulado – os outros foram realizados pela Hi Fly Portugal – e “embarcará unicamente cidadãos portugueses e outros cidadãos de países da União Europeia com residência legal e comprovada na Europa”, pode ler-se no documento distribuído pela missão diplomática portuguesa em Caracas.

Cada bilhete terá um custo de 855 euros, e terá, com certeza muitos interessados, muitos com destino à ilha da Madeira, para onde seguirão após uma escala em Lisboa. Na edição deste sábado o jornal ‘JM – Madeira’ recorda que aquando da recente visita do cônsul-geral de Portugal em Caracas à Região Autónoma, o diplomata havia avançado, que existiam 470 pessoas, em lista de espera, inscritas no Consulado e a aguardar repatriamento para território luso.

Os cidadãos portugueses interessados deverão contactar o Consulado até às 08h00 do próximo dia 29 de setembro enviando para o endereço eletrónico do mesmo, a cópia do passaporte português, cópia do passaporte venezuelano (se tiver dupla nacionalidade), residência em Portugal ou noutro país da União Europeia, indicar a residência na Venezuela e deixar os respetivos contactos.

Desde que o espaço aéreo venezuelano se encontra fechado, já regressaram 200 passageiros com destino final na Madeira nos voos de repatriamento organizados por Portugal, mas também nos organizados por Itália e Espanha.

Entretanto a TAP Air Portugal já tinha anunciado o seu regresso à rota Lisboa-Caracas, programado para o próximo dia 15 de dezembro, com dois voos semanais, e com equipamento próprio (LINK notícia relacionada), o que não acontecia desde 2017, quando a companhia de bandeira portuguesa decidiu entregar a operação da sua rota à Euro Atlantic, se bem que o voos fossem organizados pela TAP e da sua responsabilidade (LINK notícia relacionada).

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...

Qatar Airways reforça Luanda que terá quatro voos semanais e alarga rede para Kinshasa

A Qatar Airways prossegue a expansão da sua rede...