Bem-vindo, !|Sair

TAP Portugal recebe primeiro de três Airbus A330-300


A TAP recebeu nesta terça-feira, dia 11 de abril, o primeiro de três aviões Airbus A330-300 que passarão a integrar este ano a sua frota de longo curso.

O aparelho, já com pintura da companhia aérea portuguesa e matrícula nacional (CS-TOU), aterrou no Aeroporto Internacional Humberto Delgado/Lisboa, durante a tarde, pelas 18h44, proveniente do Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, onde fez uma escala de uma noite, na viagem que o trouxe de Singapura, na Ásia.

Segundo informações recolhidas pelo ‘Newsavia’, a TAP vai devolver ao lessor ‘Deucalion Aviation’ os dois aviões A330-200 que entraram na sua frota, no Verão do ano passado, que estavam antes ao serviço da AZUL Linhas Aéreas Brasileiras, presentemente a voarem em Portugal com as matrículas CS-TOS (msn 365) e CS-TOT (msn 372). Não há uma justificação oficial para a devolução dos aviões que poderão voltar à frota da Azul, mas acredita-se que o facto dos dois aparelhos, que antes tinham bandeira brasileira, terem apresentado diversos problemas ao nível de manutenção, tenha sido uma das razões que levou a TAP a desfazer-se das aeronaves. Desde a sua chegada a Portugal passaram muito tempo nas oficinas da companhia aérea em Lisboa.

A empresa portuguesa optou este ano pela aquisição de três aviões Airbus A330-300, com motores Rolls-Royce, que estavam antes ao serviço da Singapore Airlines. São aviões que saíram de fábrica diretos para a companhia asiática no ano de 2009, todos mais recentes que os 14 aparelhos A330-200 da TAP, e até ao final do ano passado voaram ao serviço da Singapore. Estão configurados para transportar 285 passageiros (30 em Classe Executiva e 255 em Classe Económica), o que não significa que tenham essa mesma configuração no futuro ao serviço da TAP.

O primeiro avião que chegou nesta terça-feira, dia 11 de abril, a Lisboa, com matrícula CS-TOU (msn 997) tinha na Singapore a matrícula 9V-STD. Fez o primeiro voo no dia 5 de março de 2009.

O segundo A330-300 terá a matrícula portuguesa CS-TOV (msn 1006) e antes na Singapore tinha o registo 9V-STE. Fez o voo inaugural em 25 de março de 2009.

O terceiro avião que virá também da Singapore (ex-9V-STG) receberá a matrícula portuguesa CS-TOW (msn 1012). Fez o primeiro voo em 22 de abril de 2009.


“Como

 

Os dois últimos aviões, que ainda não estão em Portugal, deverão chegar com pinturas especiais. Um terá uma decoração exterior alusiva ao Programa ‘Portugal Stopover’ e o outro terá a pintura retro da companhia aérea portuguesa, aquela que era utilizada nos anos sessenta e setenta com a denominação TAP – Transportes Aéreos Portugueses. A imagem e denominação da companhia portuguesa de bandeira foi modificada no início da década de oitenta para TAP Portugal. No lettering da marca, a letra T de TAP aparecia a branco, com contorno colorido, pois era intenção da administração da empresa passar a utilizar as iniciais AP, estas pintadas a cheio, nas caudas dos aviões, que significaria Air Portugal, projeto que nunca chegou a ser implementado. Ficou-se pela intenção. Atualmente é frequente referir-se por extenso a denominação Transportadora Aérea Portuguesa, como correspondendo às inicias TAP, o que, na verdade, não é correto.

De acordo com a Administração da TAP, e seguindo declarações do presidente executivo Fernando Pinto, em dezembro passado, a companhia aérea portuguesa chegará ao final do ano com uma frota operacional de 85 aviões. Este ano sairão os dois A330-200 que tinham chegado da Azul, um A319 (CS-TTQ) e um A320 (CS-TQD). Entram três A330-330 (atrás referidos), um A321 (proveniente da Iberia), um A320 (que estava ao serviço da Vueling) e quatro Embraer E195, vindos da Azul, conforme já noticiámos. Um já se encontra em Portugal. Os Embraer serão operados pela Portugália Airlines e voarão com a marca ‘TAP Express’ em voos de média distância da rede da TAP.

 

  • Na imagem vemos o primeiro A330-300 da TAP a aterrar no Aeroporto Internacional Humberto Delgado, em Lisboa. Foto © André Moniz

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica