Bem-vindo, !|Sair

Portugal e Rússia vão nomear uma segunda companhia para voar entre os dois países

Votação Newsavia - Startup Madeira Innovation Awards 2016

As autoridades aeronáuticas portuguesa e russa chegaram a um acordo que autoriza a designação por cada uma das partes de uma segunda companhia aérea para voar entre os dois países, que atualmente têm ligações em TAP e na Ural Airlines.

A informação foi avançada pelo ‘ATW Daily News’, que cita a agência federal russa do transporte aéreo, referindo que segundo a mesma fonte o novo acordo prevê também que cada uma delas poderá ter até 14 voos por semana entre Moscovo e Lisboa e até sete em outras rotas entre os dois países.

A informação divulgada em Portugal pela ANAC (Autoridade Nacional da Aviação Civil) diz apenas que as consultas aeronáuticas com a Rússia decorreram a 20 e 21 de Setembro “num ambiente de grande cordialidade e de abertura negocial”.

“As autoridades aeronáuticas fizeram um balanço da evolução da oferta de serviços aéreos pelas transportadoras aéreas entre os dois países e decidiram atualizar as rotas, constantes do Acordo entre o Governo Português e o Governo da URSS, de 11 de Dezembro de 1974, bem como do número de frequências a operar pelas empresas designadas”, acrescenta.

A TAP voa a rota Lisboa-Moscovo/Domodedovo desde Junho de 2009, tendo por base cinco voos por semana, que reforça ou reduz consoante as épocas do ano.

A companhia portuguesa também chegou a lançar a rota Lisboa – São Petersburgo, com três voos por semana desde 1 de Julho de 2014, mas cancelou-a em Janeiro de 2015.

Do lado russo, atualmente opera apenas a Ural Airlines, duas vezes por semana, também na rota Lisboa – Moscovo/Domodedovo.

Também já voaram para Lisboa a KrasAir e a Transaero, mas ambas foram à falência, a primeira em 2008 e a segunda em 2015.

Dados do Aeroporto de Lisboa a que o ‘PressTUR’ teve acesso mostram que em Setembro teve um aumento de passageiros em voos de/para a Rússia em 12,6% ou 900, para 8.036, incluindo os voos regulares da TAP e da Ural (1.797 passageiros nos dois sentidos), bem como charters para o aeroporto de Moscovo/Sheremetyevo (779 passageiros nos dois sentidos).

Apesar deste aumento em Setembro, no conjunto dos primeiros nove meses deste ano, os voos de e para a Federação Russa registam uma queda de passageiros em 6,3%, para 47.094.

 

  • Texto da agência de notícias de turismo e viagens ‘PressTUR‘, parceiro editorial do ‘Newsavia’ em Portugal
  • Foto © Aleksander Markin/www.skyscrapercity.com

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica