Aviões de patrulha acrobática indiana colidem em voo – Um piloto morreu

Dois aviões Hawk Mk-132 da patrulha acrobática Surya Kiram, da Força Aérea Indiana, colidiram esta manhã, pelas 11h46 locais (06h16 UTC), quando executavam treinos com vista a uma exibição programada para o AeroIndia 2019, a maior exposição de Aviação e Defesa que se realiza na Ásia e que decorrerá de 20 a 24 do corrente mês de Fevereiro.

Os aviões estavam a treinar na Base Aérea de Yelehanka, em Bangalore, capital do Estado de Karnataka, no sul da Índia, onde irá decorrer o ‘airshow’ e perante uma extensa fila de pessoas que compravam bilhetes para assistir ao espectáculo da patrulha que, face, ao ocorrido, poderá não se apresentar, como programado.

A colisão das duas aeronaves deu-se numa manobra de grande risco, tendo um dos aparelhos perdido logo parte da fuselagem do nariz. Ambas caíram no solo, numa área residencial da base. Um dos pilotos, Sahil Gahdhi (na imagem), indicado pela imprensa indiana como o piloto líder da patrulha, morreu entre os destroços, pois a avaria sofrida no avião não lhe permitiu ejectar-se. Os dois pilotos do outro avião conseguiram ejectar-se, tendo os pára-quedas caído também na área residencial da base. Foram recolhidos com algumas escoriações ligeiras. Há um terceiro ferido, cujo estado de saúde é, por enquanto, desconhecido. Trata-se de um transeunte apanhado pelas explosões que ocorreram após o embate no solo.

 

  • Notícia em desenvolvimento – 12h30 UTC

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica