Bem-vindo, !|Sair

Boeing 737-400 paquistanês sai da pista após rebentamento do trem – 10 feridos ligeiros

Um avião comercial paquistanês, pertencente à companhia privada Shaheen Air International, saiu da pista nesta terça-feira, dia 3 de novembro, pelas 09h27 locais, após uma aterragem mal sucedida no Aeroporto Internacional de Allama Iqbal, em Lahore, capital do Punjabe, importante província do Paquistão.

O aparelho envolvido no incidente é um Boeing 737-400 (matrícula AP-BJO) que realizava o voo NL142 entre os aeroportos de Carachi e de Lahore, com 112 passageiros e sete tripulantes a bordo.

Segundo relatos da imprensa paquistanesa os pilotos ter-se-ão apercebido de uma avaria num dos trens de aterragens e solicitaram um pouso de emergência que foi autorizado imediatamente.

Logo que o avião tocou na pista um dos trens quebrou-se, assim como diversos pneus rebentaram, fazendo com que a aeronave resvalasse para o terreno lateral e ficasse atolado. De imediato foram accionadas as mangas pneumáticas de evacuação dos passageiros, tendo os bombeiros chegado na mesma ocasião, já que estavam a seguir com maior atenção o pouso do aparelho.

Os dez feridos assistidos pelos socorristas no aeroporto apresentam leves escoriações e não há notícia de danos pessoais graves. Os prejuízos materiais, nomeadamente estruturais ao nível do aparelho, são considerados graves por fontes aeroportuárias, além ser visível que os trens de pouso quebraram e as coberturas dos motores ficaram muito danificadas.

O director de manutenção da companhia disse nesta manhã aos jornalistas que a Shaheeh Air cumpre todos os requisitos impostos pelas autoridades aeronáuticas paquistanesas e internacionais, e que o avião acidentado tinha sido revisto de acordo com as normas técnicas específicas ordenadas pelo fabricante da aeronave e pelas entidades reguladoras, antes de iniciar o voo em Carachi.

Acid Shahee_NL142 twitter 03nov2015

A aviação comercial paquistanesa tem um histórico muito grande de incidentes e acidente. A Shaheeh Air, em Julho passado, teve todos os seus quatros aviões em terra, por ordem da Autoridade Nacional de Aviação Civil (CAA) que ordenou uma inspecção e revisão técnica dos aparelhos, face a denúncias de que estariam a voar fora dos parâmetros de manutenção técnica aceites internacionalmente.

Na imprensa paquistanesa pode ler-se nesta terça-feira, entre os comentários dos leitores nas edições online, que o avião acidentado é o mesmo que no início de 2014 teve um incidente igual e no mesmo aeroporto, em Lahore. A companhia recusou-se a confirmar, dizendo que colaborará no inquérito que apurará as causas do incidente, certa de que o avião estava em boas condições técnicas, não obstante a sua idade (22 anos e 11 meses) de serviço.

 

  • A foto que publicamos a abrir é da ‘Dawn News’.
  • A imagem de Twitter é da ‘Daily Times’.
  • O vídeo, que se encontra no canal YouTube, está registado em nome de ‘GASP!Hollywood’

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica