Bem-vindo, !|Sair

Casal e três filhos morrem em desastre aéreo em Minas Gerais

Um casal de médicos, ele com 45 e ela com 44 anos de idade, e três filhos menores (sete, 10 e 13 anos de idade) morreram ao fim da manhã deste domingo, dia 4 de novembro, no Estado de Minas Gerais (Brasil), na queda de um avião ligeiro monomotor (experimental), por razões ainda desconhecidas.

Segundo as autoridades de Defesa Civil a aeronave, uma Van’s RV-10, matrícula PR-ZMZ, era propriedade do médico e tinha sido adquirida em 2014 diretamente à fábrica, a Flyer Indústria Aeronáutica, Ltda. Presume-se que ele seria o piloto na ocasião do desastre.

O aparelho terá descolado do Aeroporto de Brasília, Distrito Federal, com destino a Varginha, na região sul do Estado de Minas Gerais. Por razão que se desconhece, o piloto terá optado por fazer uma escala no Aeroporto Municipal de Patos de Minas, no Alto Paranaíba. Um outro piloto que estava no aeroporto disse à Rede Globo que viu o avião a tentar uma aproximação à pista, mas a aeronave voava com muita velocidade e dava sinais de algum descontrolo. Caiu alguns metros adiante numa zona de mata.

Os bombeiros quando chegaram ao local apenas puderam confirmar a morte dos cinco ocupantes da aeronave, precisamente um casal e os seus três filhos. São residentes em Brasília, segundo revela o jornal ‘Correio Brazilense’, que se edita em Brasília.

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) já mandou equipas de investigadores para o local do sinistro.

Este é, infelizmente, o segundo desastre aéreo registado neste fim-de-semana no Brasil. No sábado, dia 3 de novembro, na zona metropolitana de São Paulo, um helicóptero executivo caiu e ardeu, tendo morrido os cinco ocupantes.

  • Notícia atualizada às 23h50 UTC
  • Foto de entrada © Correio Braziliense

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica