FAA aplica multa de 6,4 milhões de dólares à Lufthansa

A Administração Federal de Aviação (FAA) do Departamento de Transportes dos Estados Unidos da América multou a companhia aérea alemã Lufthansa em 6,428 milhões de dólares (cerca de 5,84 milhões de euros) por, supostamente, ter realizado quase 900 voos que não estavam em conformidade com os Regulamentos Federais de Aviação dos EUA.

A FAA alega que a Lufthansa operou os vos para e dos aeroportos internacionais de San Diego e de Filadélfia quando sabia que não tinha autorização da FAA para fazê-lo. As companhias aéreas estrangeiras só podem realizar voos programados para aeroportos listados nas Especificações de Operações emitidas pela FAA, e esta entidade, que regulamenta a atividade da Aviação Comercial e Civil nos EUA, alega que nenhum aeroporto estava nas Especificações de Operações da Lufthansa.

Entre 22 de março de 2018 e 27 de maio de 2019, a Lufthansa operou aproximadamente 600 voos com aeronaves Airbus 340 do Aeroporto Internacional de Frankfurt para San Diego e de San Diego para Frankfurt. Entre 28 de outubro de 2018 e 10 de abril de 2019, a Lufthansa operou aproximadamente 292 voos com aeronaves Airbus 330-300 e Boeing 747-400 de Frankfurt para Filadélfia e de Filadélfia para Frankfurt.

A Lufthansa tem 30 dias, após receber a notificação oficial da aplicação da multa, para responder à agência federal norte-americana e contestar a penalidade.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica