Bem-vindo, !|Sair

Força Aérea Russa reforça-se com mais 200 aviões em 2015

Apesar da contracção da economia, o orçamento militar russo continua a crescer. No decorrer de uma conferência de Imprensa, no início de Fevereiro, o ministro da Defesa, Sergei Shoigu, anunciou que a Força Aérea Russa e a Aviação Naval (o ramo aéreo da Marinha Russa), vão receber mais 200 aviões, em 2015. Já em 2014, as forças militares russas receberam 250 novos aviões e helicópteros, incluindo os novos bombardeiros Sukhoi Su-34, caças Su-35 e helicópteros de ataque Mi-28. Faz tudo parte de uma expansão militar massiva e de um plano de modernização, entre 2011 e 2020, orçamentado para custar ao Kremlin até 20 mil milhões de milhões de rublos (267,9 milhões de milhões de euros).

 

Мi-28NE "Night Hunter"

Мi-28NE “Night Hunter”

“No âmbito do enquadramento do programa de Aquisições e Fornecimentos da Defesa, a Força Aérea e a Aviação Naval vão receber 126 aviões militares novos e 88 helicópteros. O ratio de autonomia de longo curso na aviação será estabelecido em 80%”, precisou o ministro da Defesa russo, ao acrescentar que “o equipamento das Forças Armadas russas com armas modernas vai aumentar em 33%, com um potencial de utilização de 67%”, o que significa que dois em cada três aviões estarão operacionais a um dado momento.

A ordem de compra da Defesa para 2015, inclui bombardeiros Sukhoi Su-34, caças multi-missão Su-30SM e Su-35S, aviões de treino avançado e caças ligeiros Yakovlev Yak-130, assim como aviões de transporte Ilyushin Il-76MD-90. De acordo com a Sputnik News, os militares russos também vão receber helicópteros Kamov Ka-52 e helicópteros de ataque Mil Mi-28N, helicópteros para heliassalto e transporte Mi-35 e helicópteros utilitários Ka-226.

 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica