Bem-vindo, !|Sair

Grupo Icelandair apresenta proposta para a aquisição de 51% da TACV

ABSANT GROUP - Curso Investigação de incidentes e acidentes com aeronaves - Setembro/ OutubroO Grupo Icelandair já apresentou uma proposta para a aquisição de 51% da transportadora aérea de bandeira cabo-verdiana, anunciou nesta sexta-feira, dia 27 de julho, o primeiro-ministro da República de Cabo Verde, que assegurou que a até agora denominada TACV vai ser privatizada como previsto. É provável que passe a designar-se Cabo Verde Airlines, nome e designação comercial que foi adoptado no período de transição da empresa, em que já esteve a ser gerida pelos islandeses.

“Ao contrário da desinformação posta a circular, a Icelandair não abandonou a TACV. Terminou o contrato de gestão, passamos à fase seguinte, que é a negociação da privatização. A Icelandair já apresentou uma proposta para a aquisição de 51% da TACV, que vai ser privatizada como previsto”, assegurou Ulisses Correia e Silva no seu discurso sobre o estado da Nação, na Cidade da Praia, sede do governo.

O chefe do Governo de Cabo Verde esclareceu que “o desfasamento de tempo entre o fim dos contratos de wet lease, que originou o regresso dos dois aparelhos da Icelandair, e a chegada de novos aviões não foi por causa de falta de pagamentos e falta de credibilidade da TACV como aconteceu em inícios de 2016”.

Disse que, enquanto o Boeing arrestado nunca mais regressou e os restantes aparelhos foram comprometidos, deixando a TACV sem aviões (durante a governação anterior), hoje, dois Boeings estão a voar, e um terceiro deverá chegar em breve e o desenvolvimento do negócio fará a empresa ser dotada de mais aviões.

Ulisses Correia e Silva adiantou, ainda, que outra companhia poderá começar a operar nos transportes aéreos inter-ilhas, e que tem havido já manifestação de interesse nesse sentido, ressalvando que, apesar de contratempos que surgem no percurso, o seu governo está focado no objectivo de dotar o país de um “bom sistema de transportes”.

“A gestão dos aeroportos será concessionada e a ‘Cabo Verde Handling’ privatizada, enquadrada na estratégia de operacionalização do hub aéreo e de desenvolvimento do sector dos transportes aéreos, incluindo investimentos em aeroportos como o da Praia, Santo Antão e Maio”, indicou, acrescentando que as pistas dos aeroportos de São Filipe e da Boa Vista serão iluminadas.

 

Este é o segundo anúncio nesta sexta-feira, dia 27 de julho, relacionado com o Grupo Icelandair e países lusófonos, depois de também nesta manhã ter sido confirmado que os islandeses tinham confirmado a sua proposta para aquisição de 49% do capital da companhia SATA Internacional – Azores Airlines, do Grupo SATA, este com sede na Região Autónoma dos Açores (LINK notícia relacionada).




Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica