Processo de concessão dos aeroportos de Cabo Verde preocupa sindicatos

Os trabalhadores aeroportuários de Cabo Verde não irão permitir que os seus postos de trabalho na ASA (Empresa Nacional de Segurança Aérea) sejam colocados em causa, com a concessão do serviço público aeroportuário a investidores privados.

As declarações são de Maria Brito, presidente do Sindicato dos Transportes, Comunicações e Administração Pública (Sintcap), na sequência do anúncio de que os aeroportos e aeródromos de Cabo Verde vão passar a ser geridos pelo grupo privado francês Vinci Airports SAS, empresa selecionada pelo Governo cabo-verdiano, para o efeito.

“Fomos pegos de surpresa. O Sindicato dos Transportes, Comunicações e Administração Pública (Sintcap), e o Sindicato dos Transportes, Hotelaria e Turismo, (Sitthur) endereçaram, no segundo semestre de 2021, um pedido de encontro com o Governo no sentido de se sentar à mesa e falar sobre o processo. E até este momento não tivemos qualquer reação do Governo”, manifestou a sindicalista em tom de descontentamento.

Maria Brito disse que “os trabalhadores da ASA não foram tidos nem achados no processo de concessão dos aeroportos, evita falar, por agora, sobre os pormenores do processo por não estar munido de todos os dados”, segundo refere um despacho da agência cabo-verdiana de notícias ‘Inforpress’, datado de 10 de maio, na ilha do Sal.

A sindicalista também considera que “os 80 milhões de euros que Cabo Verde vai receber, com a adjudicação da concessão do serviço público aeroportuário de apoio à aviação civil ao grupo Vinci Airports, está longe do expectável”.

Adivinhando que com a nova gestão há serviços que poderão vir a ser terceirizados, a sindicalista diz-se preocupada nesse sentido, avisando desde logo, que os sindicatos representantes dos trabalhadores “não vão permitir” que os postos de trabalho destes mesmos trabalhadores sejam colocados em causa.

O grupo privado francês Vinci Airports SAS, empresa selecionada pelo Governo cabo-verdiano para gerir os aeroportos e aeródromos de Cabo Verde é considerado “uma gigante” nesta matéria, administrando mais de cinquenta aeroportos em vários países do Mundo.

 

  • LINK notícia relacionada
  • Foto de abertura ©Jailson Lopes

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica