Reestruturação financeira do Grupo LATAM Airlines aprovada nos EUA

O Tribunal do Distrito Sul de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América, aprovou nesta sexta-feira, dia 18 de setembro, a proposta de financiamento modificada para o DIP (Debtor in Possession), apresentada pelo Grupo LATAM Airlines no dia anterior.

A decisão do juiz James L. Garrity Jr. permite ao grupo aéreo latino-americano acesso à quantia de 2,45 mil milhões (bilhões no Brasil) de dólares necessários para enfrentar os impactos da pandemia de covid-19.

Logo que foi conhecida a decisão, o presidente executivo do Grupo LATAM Airlines, Roberto Alvo, afirmou que “a aprovação do DIP é um passo muito significativo para a sustentabilidade do grupo”.

“Agora começamos uma nova etapa, de apresentar o nosso plano de reorganização dentro do processo do Capítulo 11”, disse o responsável.

Em 26 de maio, o Grupo LATAM Airlines e as suas subsidiárias no Chile, Colômbia, Equador, Estados Unidos e Peru iniciaram o processo em função das graves consequências da pandemia de covid-19. Em julho passado, a subsidiária brasileira ingressou no processo.

 

O Grupo LATAM Airlines é o principal grupo de companhias aéreas da América Latina e um dos maiores do mundo em conectividade. Oferece serviços aéreos para 145 destinos em 26 países, e está presente em seis mercados domésticos da América Latina (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru) e mantém operações internacionais da região para todos os continentes.

O Grupo LATAM Airlines tem presentemente mais de 42 mil funcionários e operava, antes da pandemia, aproximadamente, 1.400 voos diários, com 332 aviões. No ano passado transportou mais de 74 milhões de passageiros transportados ao ano.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica